SEMI – Aula 03

Publicado por Ricardo Gaúcho Em 22 julho 2017 Comentários desativados em SEMI – Aula 03
Tech tipsComputer Tricks

03.01. [b]

Série padrão em uma sucessão ecológica.

____________________ 

03.02. [e]

A produção primária líquida de uma comunidade clímax tende a zero, ou seja, uma floresta como a Amazônia consome praticamente tudo o que produz.

 ____________________

03.03. [e]

A sequência apresentada descreve um processo de sucessão ecológica.

 ____________________

03.04. [e]

d)(F) Em direção ao clímax, a quantidade de vegetais vai aumentando cada vez mais. Quanto mais vegetais em um ambiente, mais fotossíntese vai ocorrer. Quanto mais fotossíntese, mais energia é injetada no ambiente. Quanto mais energia armazenada pela fotossíntese nos produtores, maior será o fluxo de energia que circulará no ambiente em suas diferentes e ramificadas cadeias alimentares.

e)(V) Ao longo de uma sucessão, a comunidade caminha para o estágio clímax. Neste estágio, atinge-se o máximo de biomassa possível em uma sucessão ecológica.

Sem Título 4

____________________

03.05. [b]

AO longo de uma sucessão ecológica ocorre uma série de variações na comunidade de um ambiente.

____________________

03.06. [b]

As mudanças não são abruptas e descontínuas. O processo é lento e gradual, em que estágios mais simples são sucedidos por estágios mais complexos. Assim, um processo de sucessão não é abrupto nem descontínuo, como colocado no primeiro parêntesis. No segundo parêntesis o erro está no “sempre”. Certas vezes, a nova comunidade clímax pode, devido a vários fatores, ser completamente diferente do clímax anterior. Esta situação é denominada de disclímax. No último parêntesis, o correto seria sucessão secundária.

____________________

03.07. [d]

Normalmente os liquens caracterizam o estágio inicial ou pioneiro de uma sucessão ecológica primária.

Sem Título 4

Sem Título 4

____________________

03.08. [c]

Uma grande queimada ou um processo antropogênico de desmatamento pode alterar de forma muito significativa os habitats. Assim, muitos animais se veem obrigados a migrar para novas áreas em busca de recursos ou podem até mesmo se extinguir.

Sem Título 4

Sem Título 4

____________________

03.09. [d]

III.(F) A complexidade de nichos é maior numa comunidade clímax, e não na pioneira, onde a diversidade de espécies é menor.

____________________

03.10. [d]

A produção líquida é o balanço entre a produção bruta (fotossíntese) e o consumo (respiração mitocondrial).

No estágio clímax a produção bruta se equipara ao consumo, o que significa dizer que a produção líquida diminui tendendo a zero.

Sem Título 4

____________________

03.11. [d]

II.(F) As primeiras plantas que se estabelecem são denominadas pioneiras ou ecese e não climáxicas.

V.(F) A comunidade pioneira mantém reduzida diversidade de espécies e não elevada, como afirmado. Esta comunidade tende a persistir apenas no período inicial da conquista e não indefinidamente, como afirmado.

____________________

03.12. [a]

Os pioneiros (estágio inicial) apresentam uma grande produção líquida, isto é, produzem muito mais matéria orgânica no processo de fotossíntese do que consomem durante a respiração celular realizada pelas mitocôndrias.

Assim, o cociente:

.

      produção bruta/respiração

(produção bruta dividida pela produção líquida),

 .

conforme o teste propõem, tende a ser necessariamente maior do que 1, uma vez que a produção bruta é maior que a respiração (o numerador da fração é maior que o denominador).

Observe um exemplo:

Um organismo de uma comunidade pioneira produziu, através da fotossíntese (produção bruta), 100 gramas de matéria orgânica. Sua respiração celular (ação das mitocôndrias) consumiu 20 gramas dessa matéria orgânica a fim de liberar energia necessária aos processos vitais. Assim, temos:

___Pbruta / Plíquida

____100 / 20 = maior que 1

Já no estágio clímax, a produção líquida tende a zero, uma vez que é consumida quase toda a produção.

____100 / 100 = 1

 

 Sem Título

Lembre do macetinho:

A Amazônia é o pulmão do mundo?

Não, uma vez que consome quase tudo o que por ela mesma é produzido.

Sua produção líquida, portanto, tende a ZERO.

____________________

03.13. 07 (01, 02, 04)

08.(F) Os liquens são considerados indicadores de comunidades pioneiras e não clímax.

16.(F) O processo de sucessão secundária pode ocorrer em uma área destruída em um tempo imprevisível e pode ou não apresentar maior diversidade de espécies, vai depender da situação.

____________________

03.14. [b]

Normalmente em áreas de queimadas, a vegetação intermediária dará início ao novo processo de colonização.

____________________

03.15. [c]

Os pioneiros (estágio inicial) apresentam uma grande produção líquida, isto é, produzem muito mais matéria orgânica no processo de fotossíntese do que consomem durante a respiração celular realizada pelas mitocôndrias.

Assim, o cociente produção bruta/respiração, conforme o teste propõe, tende a ser necessariamente maior do que 1, uma vez que a produção bruta é maior que a respiração (o numerador da fração é maior que o denominador).

Observe um exemplo:

Um organismo de uma comunidade pioneira produziu, através da fotossíntese (produção bruta), 100 gramas de matéria orgânica.

Sua respiração celular (ação das mitocôndrias) consumiu 20 gramas dessa matéria orgânica a fim de liberar energia necessária aos processos vitais.

Assim, temos:

Pbruta / Plíquida … 100 / 20 = maior que 1

____________________

03.16. 43 [01, 02, 08, 32)

04.(F) Mudanças biológicas implicam modificações do ambiente pelas comunidades que se sucedem e não o contrário, como afirmado.

64.(F) À medida que ocorre a sucessão, dá-se um aumento na complexidade da comunidade, permitindo que se estabeleça um maior número de relações ecológicas.

____________________

03.17. 23 (01, 02, 04, 16)

08.(F) Durante a sucessão, ocorre aumento do número de espécies.

32.(F) A sucessão ecológica ocorre também por causas naturais como em casos de erupções vulcânicas, incêndios naturais, mudanças climáticas, eras glaciais, etc., e não apenas por intervenção humana, como afirmado.

64.(F) Em ambientes que nunca foram habitados a sucessão será do tipo primária e ocorrerá nos três estágios normais e conhecidos em suas características físicas e biológicas..

____________________

03.18. [e]

e)(V)

1-IV-C – Observe que em 1 a floresta está em seu estado natural. Muita complexidade e muita diversidade de espécies.

Sem Título 4

Uma forma inteligente de explorar a floresta seria o corte seletivo de árvores, ou seja, cortar apenas as árvores que já atingiram a maturidade e que não crescem mais. Quando uma árvore deixa de crescer ao atingir a maturidade, ela passa a produzir mais ou menos o mesmo gás carbônico que sua fotossíntese consome. Assim, sua produção passa a equivaler ao consumo e ela atinge uma espécie de equilíbrio. Em termos de retenção de gás carbônico para combate ao aquecimento global, por exemplo, ela já não faz mais diferença. Quando ela é cortada, abre-se uma clareira por onde a luz pode entrar na floresta densa. Neste espaço aberto e iluminado, sementes de outras árvores poderão germinar e se desenvolver. Esta nova árvore vai passar anos crescendo e aumentando sua biomassa, ou seja, fixando mais carbono pela fotossíntese do que liberando por processos respiratórios mitocondriais, o que, por sua vez, colabora com o combate ao aquecimento global. Árvores em crescimento fixam mais carbono que árvores adultas, daí a técnica de desmate seletivo ser uma alternativa sustentável de explorar as riquezas das florestas.

 2-1-D – Observe na figura 2 que algumas árvores já foram destruídas e outras apresentam sinais de terem sido queimadas (estão sem folhas e expondo apenas os galhos).

 3-III-B – Observe que em 3 a destruição da floresta aumenta mais ainda em relação ao quadro 2. As grandes árvores que estavam no quadro 1 já morreram sobrando apenas arbustos menores (no teste são referidas como sub-bosque). O solo estará bem exposto ao Sol agora e receberá grande quantidade de luminosidade, coisa que antes, no quadro 1, não acontecia, em virtude do sombreamento exercido pelas grandes árvores do clímax. Isso favorecerá o desenvolvimento de uma vegetação rasteira (pioneiros) que reiniciará a conquista do ambiente em uma nova sucessão ecológica.

Sem Título 4

 4-II-A – Em 4 o desmatamento foi quase que total (corte raso). A área foi seriamente destruída. Agora, lentamente, espécies pioneiras vão se desenvolver a produzir um processo de sucessão ecológica que, com o tempo, poderá ou não, reconstituir o ambiente inicial. Lembre que o próximo clímax poderá ser diferente do anterior. Isso vai depender do grau de mudanças que a destruição pode ter provocado no meio.

____________________

03.19.

a) X.

b) Há maior diversidade no estágio X. Quanto maior a diversidade de nichos ecológicos, maior também será a diversidade de espécies envolvidas. Maior diversidade de espécies, por sua vez, caracteriza o estágio clímax.

c) Em X há equilíbrio entre a produção bruta e o consumo. Em Y a produção bruta é maior do que o consumo, uma vez que Y representa os estágios iniciais da sucessão ecológica.

____________________

03.20.

a) O estágio clímax caracteriza-se pela estabilidade e maturidade das comunidades, quando poucas alterações ocorrem ao longo do tempo. Uma das características deste estágio clímax é a baixa produção líquida. Assim, a produção bruta (fotossíntese) tende a se equiparar ao consumo (respiração), sendo Pbruta/Consumo =1. Portanto, o balanço entre o oxigênio produzido pela fotossíntese e o oxigênio consumido nos processos respiratórios tende a zero. A diversidade biológica permanece relativamente constante;

b) O termo “pulmão” é inadequado, pois esse órgão realiza troca gasosa contrária à ideia proposta no enunciado. Durante a respiração pulmonar, ocorre absorção de oxigênio do pulmão para o sangue e expiração de gás carbônico para a atmosfera. Portanto, a expressão “A Amazônia é o pulmão do mundo” não faz sentido nem ecologicamente nem fisiologicamente.

____________________

Os Comentários Estão Fechados.