Aula 24

Publicado por Ricardo Gaúcho Em 15 junho 2010 Sem Comentários
Tech tipsComputer Tricks

Capilares e as Veias:

1. Os CAPILARES, depois que nutriram os tecidos, começam seu caminho de volta para o coração.

2. Os CAPILARES vão se fundindo entre si formando as VÊNULAS (pequenas veias).

3. As VÊNULAS, por sua vez, vão se fundindo entre si formando as VEIAS.

4. As diferentes VEIAS do corpo vão se fundindo entre si para formar a VEIA CAVA INFERIOR.

5. As VEIAS da cabeça vão se fundindo entre si para forma a VEIA CAVA SUPERIOR.

6. As VEIAS CAVA chegarão ao átrio direito do coração para o sangue reiniciar seu ciclo circulatório.

___________________________________________

___________________________________________

24.01. [a]

a)(V)

b)(F) As válvulas impedem o refluxo de sangue nas veias. O estímulo da contração do coração é dado pelos nódulos atrioventricular e sino-atrial (ver figura acima).

c)(F) Pelo contrário. É do sistema nervoso central (SNC) de onde partem os comandos para a contração da musculatura cardíaca. O SNC controla os nódulos cardíacos

d)(F) A oxigenação dos miocárdio se dá a partir das artérias coronárias que se desenvolvem na superfície externa do coração. O sangue bombeado pelo coração não serve para nutrição do tecido cardíaco. Este sangue é apenas bombeado. Depois que ele sai do coração, pela artéria aorta e segue pelas coronárias, aí sim, ele está disponível para alimentar as células do músculo cardíaco.

e)(F) No lado direito do coração sai sangue venoso pela artéria pulmonar em direção aos pulmões.

_____________________ 

24.02. [e]

a)(F) Nem sempre uma veia transporta sangue carbonado (rico em CO2). Lembre das veias pulmonares que trazem sangue arterial dos pulmões para o coração.

b)(F) Artérias e não veias levam sangue do coração para os tecidos. Veias e não artérias trazem sangue dos tecidos para o coração.  

c)(F) As veias apresentam grande número de válvulas que impedem o retorno do sangue ao coração.  

d)(F) As artérias são mais elásticas que as veias, uma vez que suportam maiores variações de pressão.

_____________________

24.03. [a]

As varizes ocorrem quando as válvulas tem problemas e não conseguem impedir o refluxo do sangue.

 

_____________________

24.04. [a]

A pouca irrigação no músculo cardíaco implica numa menor capacidade do coração em impulsionar sangue para os pulmões. Sendo mal irrigado por sangue, o coração recebe menos nutrientes como glicose e gás oxigênio, por exemplo. A glicose e o gás oxigênio são fundamentais para a geração de energia para o músculo cardíaco realizar sua intensa função Com isso, menos sangue oxigenado será enviado para o corpo, levando a uma diminuição no suprimento de oxigênio no organismo. 

_____________________

24.05. [c]

Quando o coração se contrai durante a sístole para impulsionar o sangue para os tecidos do corpo, as artérias recebem este sangue e imediatamente se dilatam, isto é, relaxam para permitir o fluxo de sangue para o corpo. A pressão exercida pelo sangue nas paredes das artérias do braço, por exemplo, sobe para algo em torno de 120mmHg.

_____________________

24.06. [F, V, V, F, F]

(F) A maioria das válvulas são encontradas nas veias e impedem o refluxo do sangue em baixa pressão. São encontradas válvulas em artérias em dois casos: no início da artéria pulmonar e da aorta, no interior do coração. São as chamadas VALVAS SEMILUNARES.

(V) As veias apresentam bem menos tecido muscular, uma vez que estão submetidas a uma pressão bem menor que as artérias.

(V) Os capilares, constituídos por um tipo de tecido epitelial (o endotélio), possibilitam as trocas entre o sangue e os tecidos.

(F) Os capilares são os mais finos vasos sanguíneos do corpo e são formados por uma única camada de células, o endotélio. Não apresentam fibras como as artérias e as veias.

(F) Impulsionado pelos batimentos cardíacos, as ARTÉRIAS e não as veias sofrem distensão e pulsam. A pressão nas veias é bem baixa e elas não pulsam como as artérias quando o coração bate.

_____________________

24.07. [b]

a)(F) Nas artérias, o sangue circula mais RAPIDAMENTE por estar sob MAIOR pressão.  

c)(F) As artérias são menos visíveis por que se encontram em regiões mais profundas do corpo. Trata-se de uma forma de defesa, pois um corte superficial que atinja uma artéria pode determinar a morte por hemorragias, uma vez que a pressão sanguínea é muito altas nestes vasos.

d)(F) Nas VEIAS e não nas artérias, o fluxo do sangue é impulsionado pela contração da musculatura.

e) As artérias também transportam sangue venoso. Lembre das artérias pulmonares que transportam sangue venoso do ventrículo direito do coração para os pulmões, onde ocorrerá a hematose (oxigenação do sangue).

_____________________

24.08. [c]

Os movimentos do líquido intersticial se dão por diferença de concentração, onde a OSMOSE tem um papel fundamental. Daí o termo “pressão osmótica” usado na alternativa correta do testes.

Já o movimento de líquidos nos capilares, que são ramificações da artérias, se dá devido à pressão da SÍSTOLE do coração. O coração injeta sangue nas artérias em alta pressão, SÍSTOLE. Está pressão sistólica se faz sentir até mesmo nos capilares. Esta pressão força parte do plasma a vazar pelos poros dos capilares em direção às células. Este plasma ocupará o espaço intercelular e passará a ser chamado de líquido intersticial.

_____________________

24.09. [b]

As artérias coronárias são ramificações da artéria aorta que conduzem sangue arterial para nutrir e oxigenar o tecido cardíaco. Assim, desobstruindo as coronárias de placas, o sangue flui melhor para os tecidos do coração.

O stent promove o alargamento da artéria permitindo um melhor fluxo sanguíneo.

_____________________

24.10. [b]

I – (V) Quando o ventrículo esquerdo se contrai (sístole), o sangue arterial é bombeado para as artérias que acabam por se dilatarem por causa da pressão exercida pelo coração. Neste momento (sístole do lado esquerdo), a pressão arterial atinge seu máximo valor (em média, 120 mmHg).

A seguir, o sangue flui pelas artérias e  vai em frente. O volume de sangue diminui na artéria, e a pressão cai para seu menor valor (em média, 80 mmHg).

II – (F) A pressão sanguínea varia de acordo com a parte do corpo. Quanto mais próximo ao coração, maior será a pressão exercida internamente pelo sangue nas paredes das artérias.

III – (V) Esforços físicos aceleram o ritmo cardíaco forçando o coração a bombear mais sangue para artérias a fim de nutrir os músculo que estão trabalhando intensamente. Assim, com o esforço, físico, a pressão arterial de uma pessoa tende a aumentar e confundir os resultados de outras medidas de pressão. Por isso, para uma medição mais precisa da pressão arterial, é preciso que o paciente esteja em repouso a um determinado tempo.

IV – (V) A ingestão excessiva de sal força uma maior retenção de água no sangue, o que, por sua vez, aumenta o volume de sangue circulante no interior dos vasos sanguíneos. Com mais sangue dentro dos vasos, maior será a pressão exercida por este sangue nas paredes dos vasos.

 

V – (F) A pressão é maior nas artérias e menor nas veias.

_____________________

24.11. [a]

a)(V) O medidor de pressão enrolado no braço faz uma certa pressão quando inflado com ar. Quando o ventrículo esquerdo se contrai (sístole), é injetado sangue nas artérias forçando sua dilatação. Esta dilatação arterial também se faz sentir no braço, onde está firmado a bolsa de ar inflada. Com a dilatação arterial aumentando, a pressão do ar do equipamento também aumenta, o que, por sua vez, sensibiliza o manômetro que indica a variação de pressão.

b)(F) Sístole ventricular e não sístole atrial.

_____________________

24.12. [a]

1. A pressão arterial vai caindo na medida que o sangue segue seu caminho do coração para o corpo, até que fica relativamente estável e baixa nas veias.

2. O sangue circula mais rapidamente nas artérias, uma vez que é impulsionado pela pressão exercida no bombeamento do coração.

3. Na medida em que as artérias vão se ramificando em arteríolas e capilares a velocidade vai diminuindo bastante, uma vez que a pressão também vai diminuindo.

4. Nas veias, devido a contração dos músculos que as comprimem, a velocidade de circulação do sangue aumenta um pouco, mas não nos níveis encontrados nas artérias.

_____________________

24.13. [a]

Observe que em I a pressão vai ao pico de 120-130 mmHg. Esta pressão caracteriza a contração do ventrículo esquerdo quando bombeia sangue arterial pela artéria aorta em direção aos tecidos do corpo.

_____________________

24.14. [e]

a)(F) As arritmias cardíacas são alterações que INTERFEREM no ritmo normal do coração.

b)(F) No processo de taquicardia, os batimentos tornam-se mais RÁPIDOS. (do grego, takhi – rápido veloz)

c)(F) A tireoide não produz hormônios gonadotróficos, isto é, hormônios que afetam as gônadas e órgãos sexuais.

d)(F) A adrenalina AUMENTA os batimentos cardíacos.

e)(V)

_____________________

24.15. [b]

Uma vez que a digestão vai ser acelerada com a ingestão de comida, é de se esperar que o sistema circulatório envie mais sangue para o sistema digestório para garantir uma melhor absorção do material digerido.

_____________________

24.16. [c]

A falta de exercícios físicos implica numa menor capacidade pulmonar. Além disto, o músculo cardíaco (miocárdio) se desenvolve menos e bombeia menos sangue para o corpo.

Quanto mais nos exercitamos, mais o tórax força a abertura dos alvéolos pulmonares, o que melhora a ventilação nos pulmões e um maior fornecimento de gás oxigênio para o sangue alimentar os tecidos do corpo.

Por outro lado, o exercício físico fortalece a musculatura do coração, tornando o coração mais potente em sua operação de bombeamento de sangue para as artérias.

_____________________

24.17. [d]

A amostra I corresponde ao sangue arterial devido à alta pressão parcial (pO2) de gás oxigênio e a baixa pressão parcial de gás carbônico. Lembre que, quanto maior a pressão parcial de um gás em um ambiente, maior será a concentração de gás neste ambiente. Os gases sempre tendem a ir de onde tem maior concentração de gás para onde tem a menor concentração de gás. Assim, pela pressão parcial, é possível ter ideia da quantidade de gás que abunda em um meio.

a)(F) A amostra I corresponde ao sangue arterial. Sangue arterial, por sua vez, pode ser encontrado na artéria aorta ou nas veias pulmonares. Não há sangue arterial na artéria pulmonar. A artéria pulmonar leva sangue venoso para os pulmões.

b)(F) Veias pulmonares transportam sangue ARTERIAL dos pulmões para o átrio esquerdo do coração.

c)(F) No pulmão, a pO2 do ar encontrado no interior dos alvéolos é MAIOR que a pressão parcial do sangue que chega a esse órgão. Assim, o gás oxigênio passa do ar para o sangue durante a hematose. Os gases sempre tendem a ir de onde tem maior concentração de gás para onde tem a menor concentração de gás.

d)(V) A amostra I pode ter sido obtida de veias pulmonares que chegam ao coração trazendo sangue oxigenado. Este sangue será usado para irrigar o próprio coração e outros órgãos quando sair do ventrículo esquerdo pela artéria aorta.

_____________________

24.18. [a]

A carótida é uma ramificação da artéria aorta que leva sangue arterial para oxigenar os tecidos da cabeça.

O cálculo necessário para avaliar a espessura da artéria envolve conceitos de cinemática da física básica.

Assim, é preciso que se observe o intervalo de tempo entre as reflexões que estão representadas no gráfico.

Distância = velocidade . tempo

∆D = 1500 . (16 – 2) . 10−6 (lembre que 1 mícron = 1×10−6 metros)

∆D = 21000 x 10−6 = 0,021 m = 2,1 cm.

Considere também que, como se busca a espessura e se trata de um eco, temos que considerar que a onda vai e volta e a espessura da artéria será dada pela metade do espaço percorrido pela onda. Assim:

E = ∆D/2 = 2,10/2 = 1,05 cm.

_____________________

24.19.

a) A gordura que se acumula nas pareces internas das artérias leva a uma redução do diâmetro interno das mesmas. Com essa redução, menos sangue consegue passar e fluir para os tecidos do corpo.

b) As artérias são ricas em tecido elástico, o que permite que elas se dilatem com a pressão exercida pelo sangue. Os componentes das artérias que tornam possível esta flexibilidade são os músculos lisos e as fibras conjuntivas elásticas que formam as pareces da artérias.

_____________________

24.20.

a) A pressão sanguínea exercida nas artérias é devida, principalmente, pela força exercida na contração (sístole) do ventrículo esquerdo. A pressão sanguínea nas veias é menor por ser determinada pela pressão exercida pelos músculos esqueléticos do corpo que acabam por apertar as veias e impulsionar o sangue em seu retorno.

b) A volta do sangue venoso é impulsionada pela contração dos músculos esqueléticos e pela ação das válvulas venosas que impedem o reflexo do sangue no interior das veias.

_____________________

Deixe o seu comentário


Tema traduzido por Wordpress Total.