Aula 22

Publicado por Ricardo Gaúcho Em 15 junho 2010 2 Comentários
Tech tipsComputer Tricks

22.01. [b]

Observe que numa pressão parcial de gás oxigênio, representado na abcissa (horizontal), a hemoglobina Hb1 consegue absorver mais O2 percentualmente que a Hb2. Isso prova que hemoglobinas diferentes, de animais diferentes, absorvem gás oxigênio também de forma diferente. Alguns animais são mais eficientes que outros na obtenção de gás oxigênio.

Observe:

 

______________________

22.02. [e]

Lembre que o CO2 é produzido no interior das células pela ação respiratória da mitocôndria e se dissolve e se acumula no citoplasma.

O excesso de CO2 da célula tende a sair atravessando a membrana plasmática por difusão simples e se acumula no líquido intersticial (líquido existente entre as células no espaço intercelular).

Deste líquido, o CO2 passa para os vasos linfáticos e daí, para a parte venosa dos capilares que darão origem às veias (II).

Das veias, o sangue venoso segue até o coração e daí para os pulmões onde chegará nos alvéolos pulmonares (III), onde ocorrerá a hematose.

______________________ 

22.03. [b]

a)(F) Nem todo o gás carbônico é transportado por pigmentos como a hemoglobina. Lembre que aproximadamente 70% do CO2 é transportado na forma de bicarbonato dissolvido no plasma sanguíneo.

b)(V) Pigmentos como a hemoglobina em mamíferos fazem aumentar a absorção de O2 pelo sangue

c)(F) Nos vertebrados os pigmentos respiratórios estão no interior das hemáceas, mais precisamente no citoplasma das hemáceas e não dispersos no sangue, o que sugere que a hemoglobina esteja no plasma sanguíneo.

d)(F) Alguns invertebrados, como certas espécies de anelídeos, de nematelmintos, de moluscos e de artrópodes, possuem hemoglobina dissolvida na hemolinfa.

e)(F) Lembre que o sistema circulatório dos crustáceos é do tipo aberto ou lacunar. Transporta nutrientes, resíduos metabólicos. Além disto, transporta gases por meio de pigmentos respiratórios chamados hemocianina, que contém átomos de cobre e é responsável pelo transporte do oxigênio.

______________________

22.04. [e]

a)(F) A superfície respiratória do gato é o alvéolo pulmonar. A respiração da abelha (inseto) se dá pelas traqueias e não apresentam superfície de troca, os gases são conduzidos diretamente para o interior do corpo.

b)(F) O camarão é um crustáceo aquático e sua respiração de dá nas brânquias por transporte passivo (como todos os processos respiratórios de qualquer animal).

c)(F) Na abelha, que é um inseto, as trocas gasosas se dão pelas traqueias e não por filamentos branquiais.

d)(F) Na abelha, que é um inseto, as trocas gasosas se dão pelas traqueias e o oxigênio vai diretamente aos tecidos do corpo, não necessitando de pigmento transportadores.

______________________

22.05. [d]

a)(F) O espiráculo é a abertura do sistema respiratório de animais aquáticos e faz o controle de entrada e saída de ar. Assim, o espiráculo não faz trocas respiratórias, apenas permite a entrada do ar para o interior do sistema respiratório onde as trocas ocorrerão.

b)(F) Os mamíferos sempre gastam energia, mesmo que reduzam seu metabolismo. As células nunca para de trabalhar. Podem trabalhar menos, quando há redução do metabolismo, mas estão sempre em atividade gastando energia e consumindo, portanto, oxigênio.

c)(F) A bexiga natatória é uma estrutura anatômica dos peixes e não tem nada a ver com mamíferos. A vesícula gasosa, também conhecida como bexiga natatória, é um órgão que auxilia os peixes ósseos manterem-se a determinada profundidade através do controle da sua densidade relativamente à da água.

d)(V) Lembre que o peixe-boi é um mamífero (ordem dos sirênios) e apresenta, portanto, respiração pulmonar. Como ele precisa permanecer vários minutos submersos, seu corpo utiliza o gás oxigênio da melhor e mais econômica forma possível.

______________________

22.06. [d]

Como o ar está mais rarefeito em grandes altitudes, a disponibilidade de gás oxigênio é menor. Ao longo das semanas de adaptação, a produção de hemáceas aumenta na medula óssea a fim de aumentar a capacidade de absorção deste gás pelo sangue.

______________________

22.07. [c]

Lembre que cerda de 70% do CO2 liberado pelas células do corpo na corrente sanguínea durante a atividade física será convertido, por ação da enzima anidrase carbônica no interior das hemáceas, em ácido carbônico (H2CO3). O ácido carbônico, por sua vez, sofrerá ionização liberando íons H+ que contribuirão para a acidificação do sangue.

Assim, quanto mais CO2 é liberado no sangue, mais ácido ele fica.

O CR (centro respiratório) percebe esta acidez e dispara os movimentos de inspiração e expiração, a fim de eliminar para fora do corpo o excesso de CO2 presente no sangue.

______________________

22.08. [b]

Observe que o HCO3 está juntando com o H+ e formando novamente o ácido carbônico (H2CO3).

O ácido carbônico, por sua vez, está se decompondo em CO2 que será eliminado pelo alvéolo pulmonar durante a hematose.

Este processo químico ocorre nos alvéolos pulmonares e é o contrário do que ocorre nas hemáceas sob a ação da enzima anidrase carbônica.

______________________

22.09. [c]

Quando a concentração de CO2 aumenta, o sangue se torna mais ácido.

A acidez excessiva estimula o bulbo a disparar os movimentos respiratórios de inspiração e expiração.

Com isso, ocorrerá um aumento do ritmo respiratório (ver comentário do teste 22.07).

______________________

22.10. [a]

3.(F) Ver comentário do teste 22.07.

4.(F) A oxiemoglobina é formada nos alvéolos pulmonares e não nos tecidos do corpo e se desfaz, liberando o gás oxigênio, nos tecidos do corpo e não nos pulmões (onde é formada).

______________________

22.11. [a]

Ver comentário do teste 22.06.

______________________

22.12. [a]

II.(F) Em cidades de alta altitude, como La Paz, a pressão atmosférica é mais baixa que em outras regiões e não menor que a pressão existente na cavidade torácica. Caso isso fosse verdadeiro seria impossível respirar neste lugares. Considere que as pessoas que moram em La Paz, apesar da pressão menor do ar, respiram normalmente.

III.(F) O treinamento até pode fortalecer a musculatura intercostal e o diafragma dos atletas, no entanto, não é este fortalecimento o que permite absorver o gás oxigênio de forma significativa. O importante é o número de hemáceas recheadas de hemoglobina aumentado na circulação sanguínea.

IV.(F) O gás oxigênio liga-se à hemoglobina que está dissolvida no citoplasma das hemáceas. A hemoglobina não se encontra presa na superfície da membrana plasmática, tipo as proteínas transmembrana ou as proteínas do glicocálix.

______________________

22.13. [a]

Os eritrócitos são glóbulos do sangue responsáveis pelo transporte de gases. Para realizar tal função, são ricos numa proteína específica chamada de hemoglobina. A hemoglobina transporta a maior parte do oxigênio necessário ao metabolismo. A quantidade de eritrócitos no sangue é inversamente proporcional a oferta de oxigênio pelos pulmões. Quanto menos oxigênio disponível no ar, a tendência é o aumento do número de eritrócitos a fim de aumentar a capacidade de transporte de gases pelo sangue.

Quanto menos oxigênio presente no ar respirado, maior será a quantidade de eritrócitos para poder transportar este gás. A concentração de gás oxigênio, por sua vez, é inversamente proporcional à altitude.

Quanto mais alto se sobe, menos oxigênio conseguimos por inalação de nosso sistema respiratório.

Assim, quanto maior a altitude de uma cidade (La Paz – Bolívia), menor será a oferta de oxigênio e maior será a quantidade de eritrócitos por volume de sangue.

______________________

22.14. [c]

(1) Do plasma, o CO2 passa para o interior das hemáceas (eritrócitos).

(2) Uma vez no citoplasma, o CO2, por ação da enzima anidrase carbônica, reage com a água formando (3) ácido carbônico (H2CO3).

(4) e (5) O ácido carbônico se dissocia em íons H+ e HCO3.

______________________

22.15. [b]

II.(F) Uma obstrução das vias respiratórias como proposto, dificultaria a eliminação do CO2 do sangue para os pulmões.

Com isso, o CO2 ficaria retido no sangue e haveria aumento na concentração de CO2 no sangue.

Com mais CO2 no sangue, mais ácido carbônico seria formado pelas hemáceas devido a ação da enzima anidrase carbônica.

Com mais ácido carbônico no sangue, a tendência é uma REDUÇÃO de pH do sangue, uma vez que este sangue se tornou mais ácido..

A afirmação II deste teste diz que o pH aumentaria, isto é, o pH ficaria alcalino, o que é falso. 

IV.(F) A adição de ácido no organismo aumenta a concentração de H+ e desloca o equilíbrio para a ESQUERDA e não para direita como afirmado.

Trata-se, lá na química, do princípio de Le Chatelier ___ “fuga ante a força” .

Aumenta H+ do lado direito, equilibro é deslocado para a esquerda.

Para ser mais exigente, deve-se destacar que o equilíbrio químico deve ser representado por DUAS MEIAS SETAS, e não por uma seta de duas pontas, que indica fenômeno de RESSONÂNCIA.

Equilíbrio químico representado por duas meias setas.

Veja a representação de seta de duas pontas no fenômeno de RESSONÂNCIA em moléculas de Benzeno:

______________________

22.16. [a]

Na medida em que o ar do saco plástico vai sendo inalado, a quantidade de gás oxigênio vai diminuindo, uma vez que o sangue vai absorvendo, e a quantidade de CO2 no saco plástico vai aumentando, uma vez que os alvéolos estão expulsando este gás do sangue para o ar que vai para o saco plástico pelas vias aéreas.

Na medida em que o saco vai apresentando menos gás oxigênio, a tendência deste gás passar do interior do saco para o sangue vai diminuindo.

Como o CO2 está aumentando no ar do saco, o CO2 do sangue vai tendo cada vez mais dificuldade de sair pelos alvéolos e tende a se acumular no sangue, o que explica o aumento de ácido carbônico no sangue.

______________________

22.17. 25[01, 08, 16]

(02)(F) A concentração de CO2 e não a de O2 que tem um papel crucial no controle do pH sanguíneo. Lembre que o excesso de CO2 leva a acidose do sangue, o que estimula o centro respiratório a ativar os processos de inspiração e expiração.

(04)(F) É no bulbo raquidiano onde está localizado o centro respiratório (CR) e NÃO no hipotálamo como afirma o item 04.

______________________

22.18. [a]

b)(F) O enunciado é bem claro quando diz que apenas uma de quatro moléculas de oxigênio é liberada para os tecidos, ficando retidas como reserva pela hemoglobina as outras 3 moléculas de oxigênio, o que totaliza 75% e não 25% como afirmado.

c)(F) Pelo contrário, em direção aos tecidos a concentração de gás oxigênio é cada vez menor, uma vez que as células dos tecidos estão consumindo este gás em seus processos respiratórios nas mitocôndrias. Assim, quanto mais distância o sangue percorre em um vaso sanguíneo, menos oxigênio ele carrega.  Essa redução de gás oxigênio no sangue, diminui a tendência de este gás de entrar nas células pelo processo de difusão. Desta forma , a PO2 (pressão parcial do oxigênio) DIMINUI e não aumenta como afirmado.

1. Logo no início do vaso sanguíneo, a concentração de gás oxigênio é alta, uma vez que este sangue recém saiu dos pulmões onde foi oxigenado na hematose alveolar.

2. Com muito oxigênio, a tendência deste gás é passar do sangue para o interior das células, onde sua concentração é bem menor.

3. Diz-se então, que a pressão parcial do oxigênio no sangue é ALTA.  

4. Quanto mais o sangue avança pelo vaso sanguíneo, mais oxigênio ele vai perdendo para as células ao longo do caminho.

5. A concentração de gás oxigênio vai diminuindo no sangue.

6. Com menos gás oxigênio no sangue, a diferença da concentração deste gás entre as células e o sangue diminui.

7. Desta forma, diminui também a tendência deste gás passar so sangue para as células, isto é, diminui a pressão parcial do oxigênio no sangue.

d)(F) A hemoglobina que retorna ao coração através do sangue apresenta, segundo o enunciado, 3 moléculas de oxigênio, ou seja, 75% de sua capacidade. Assim, a hemoglobina que retorna ao coração e seguirá para o pulmão apresenta apenas 25% da sua capacidade máxima de captação de oxigênio. Lembre que uma molécula de hemoglobina é capaz de capturar no máximo 4 moléculas de O2.

e)(F) Em situações de DEMANDA MÁXIMA de oxigênio, ou seja, quando o corpo está realizando uma atividade física intensa, este gás tende a ser cada vez mais consumido do sangue para as células em atividade intensa.

Com menos gás oxigênio dissolvido no sangue, a tendência é diminuir a oxigenação das células, uma vez que a pressão parcial do oxigênio no sangue tende a diminuir para valores muito menores do que 60% ou 80%, como afirmado.  

Os valores de 60% a 80% indicam um bom índice de oxigenação nas células, uma vez que a pressão parcial do oxigênio no sangue nestes valores é alta e próximo ao normal.

Numa DEMANDA MÁXIMA, as células consomem enormes quantidades de oxigênio do sangue.

A concentração de oxigênio no sangue diminui muito.

A tendência do oxigênio do sangue passar para as células também diminui muito.

A pressão parcial do oxigênio no sangue, por sua vez, DIMINUI muito também.

______________________

22.19.

a) No sangue: redução da concentração de oxigênio, aumento da concentração de CO2, aumento da acidez devido à formação do ácido carbônico. No sistema nervoso central: aumento da atividade do bulbo respiratório a fim de aumentar a frequência respiratória.

b) Acidose do sangue e aumento da atividade do bulbo respiratório no sistema nervoso central. Explicação: a acidose do sangue estimula o bulbo respiratório a enviar sinais para a musculatura dos sistema respiratório que passa a respirar com uma frequência maior. O aumento da frequência respiratória promove uma maior absorção O2 para o sangue e uma maior eliminação CO2 do sangue. A eliminação de CO2, por sua vez, aumenta o pH do sangue e reestabelece uma frequência respiratória normal.

______________________

22.20.

Perfurações no tórax permitem que o ar entre e saia livremente dos pulmões, o que, por sua vez, equilibra as pressões interna e externa, impedindo a ventilação pulmonar e levando à morte por asfixia.

______________________

2 Comentários até ao momento.

  1. Bianca Palmonari disse:

    Prof, tudo bem? Estou com divida na questao 22.20 discursiva, se no enunciado fala para considerar que a ferramenta nao perfure órgãos vitais como que na resposta temos que considerar a perfuração do pulmão?

  2. Raul Schmitz disse:

    OI NÉ!
    Prof., se a cavidade torácica for perfurada mas o pulmão não, a respiração vai se tornar ineficaz pela entrada de ar entre o pulmão e as costelas ou algo assim? porque se entrar ar pela “nova abertura” não vai gerar diferença de pressão com o meio externo.

Deixe o seu comentário


Tema traduzido por Wordpress Total.