Aula 11

Publicado por Ricardo Gaúcho Em 15 junho 2010 6 Comentários
Tech tipsComputer Tricks

11.01. [b]

A camada de ozônio está localizada na estratosfera, entre 15 Km e 45 Km de altitude.

____________________ 

11.02. [b]

Os raios UV são mutagênicos.

 ____________________

11.03. [d]

I. (V) O gás ozônio não está presente em concentrações significativas em baixas altitudes, uma vez que ele é formado a partir do gás oxigênio na estratosfera (entre 15 Km e 45 Km de altitude). No entanto, quando se queima hidrocarbonetos, o gás ozônio acaba se formando em pequenas quantidades. Assim, medindo a taxa de ozônio no ar, é possível avaliar a quantidade de hidrocarbonetos que foi queimada. Pense na atividade das grandes cidades. Carros e fábricas queimam grandes quantidades de gasolina, querosene, óleo diesel e carvão mineral. Todas estas fontes de energia apresentam grande quantidades de hidrocarbonetos em suas estruturas. Desta forma, quanto mais ozônio se encontra em baixas altitudes, pior é a qualidade do ar. O ozônio funciona como um indicador de qualidade.

II. (V) Muita atenção com esta afirmação, pois ela facilmente pode conduzir a uma conclusão errada. Vamos lá! O que é o efeito estufa? É um fenômeno atmosférico que provoca retenção de parte do calor irradiado pela superfície da Terra. Esta retenção se dá por causa de propriedades de gases como o CO2 e o metano, por exemplo. Assim, a presença destes gases na atmosfera funciona como como uma barreira retentora de calor e o efeito gerado é conhecido como efeito estufa. Sem estes gases o tal efeito estufa não ocorre. Daí, uma pergunta: O que causa o efeito estufa? A presença de gases estufa na atmosfera. O gás carbônico é um gás estufa? Sim. O gás carbônico causa o efeito estufa? Sim. A confusão pode ser gerada quando ligamos com aquecimento global. O AUMENTO dos gases estufa na atmosfera causa o AQUECIMENTO GLOBAL. A PRESENÇA de gases estufa, causam o EFEITO ESTUFA. Bingo!!!

III. (F) O dióxido de nitrogênio (NO2) e o gás metano (CH4) exercem forte influência para a formação do efeito estufa e para o aumento deste efeito (aquecimento global).

____________________

11.04. [e]

O ser humano é capaz de afetar e causar todos os problemas propostos nas afirmações. Por motivos econômicos gera desmatamento, o que contribui para erosão e empobrecimento do solo. Com o desmatamento da mata ciliar o homem gera o assoreamento que podem levar à enchentes. O desmatamento também pode levar a problemas de desertificação. Muitas pragas e doenças atingem zonas urbanas na medida em que seus habitats naturais foram destruídos pelo desmatamento.

____________________

11.05. [d]

b)(V) Com o corte da floresta, a o solo fica exposto e desprotegido. Vento e chuva podem provocar erosão. Além disto, o solo sem a cobertura vegetal, permite uma maior estrada de água. Esta água, descendo por gravidade, lava os grãos de areia da terra e leva consigo sais minerais importante para as profundezas. 

Este processo de “lavação” do solo é conhecido como LIXIVIAÇÃO. Sem as árvores não ocorrerá o efeito circulador das raízes. Estas raízes absorvem os sais minerais que a infiltração da água trouxe para as camadas mais baixas do solo. Sem as raízes, os sais minerais descem cada vez mais pela ação da água da chuva.

A parte de cima do solo vai ficando cada vez pobre e arenosa. Daí a afirmação do teste: “A eliminação da mata deixa exposto um solo de baixa fertilidade, inviável para a exploração agrícola.”

d)(V) O verdadeiro “pulmão verde do mundo” está representados pelas algas oceânicas. Lembre que a Amazônia é uma comunidade clímax e consome a maior parte do oxigênio que produz.

____________________

 11.06. [b]

a)(F) Pelo contrário, o plantio de soja tem aumentado cada vez mais, o que contribui para o desmatamento cada vez maior da região.

b)(V) Não é interessante, do ponto de vista ambiental, transformar a Amazônia em pastagens para o gado. No entanto, os problemas já causados podem ser minimizados se otimizarmos ao máximo a produtividade das áreas onde já se pratica a pecuária

c)(F) Pelo contrário. Várias denúncias internacionais e nacionais já foram levantadas contra a degradação do ecossistema amazônico

d)(F) O lucro gerado pela agricultura e pecuária da região compensa a devastação da biodiversidade amazônica???

____________________

 11.07. [c]

 ____________________

11.08. [b]

A radiação UV tem caráter mutagênico.

 ____________________

11.09. [e]

O solo amazônico é fértil enquanto a floresta está presente. Assim que a floresta é desmatada, a erosão e a lixiviação de encarregam de empobrecer o solo em um curto período de tempo. Ver comentários do teste 11.05.

____________________

11.10. [c]

O desmatamento reduz o número de habitats, o que, por sua vez, leva a uma redução da diversidade de espécies.

____________________

11.11. [c]

Desequilíbrio ambiental está associado a erros no manejo de recursos naturais ou ao acúmulos de substâncias tóxicas poluentes.

____________________

11.12. [d]

Os clorofluorcarbonos (CFCs) são substâncias artificiais e não naturais, como afirmado.

Estes gases promovem uma redução na camada de ozônio. Com menos gás ozônio na estratosfera, mais radiação solar acaba chegando à superfície da Terra. Com mais radiação, mais energia. Com mais energia, mais calor. Assim, a destruição da camada de ozônio acaba afetando o aquecimento global.

____________________

11.13. 11 (01, 02, 08)

04.(F) Na maioria das vezes a introdução de uma nova espécie em um ecossistema trás severos desequilíbrios   ambientais. A nova espécie, também chamada de espécie exótica, normalmente não encontra predadores. Sem predadores, a tendência da espécie é apresentar um crescimento desenfreado. O crescimento desta nova espécie implica num consumo cada vez maior de alimento, o que acaba prejudicando espécies nativas por alterações no fluxo das cadeias alimentares. 

16.(F) O erro está na palavra EXCLUSIVAMENTE. Lembre que a Amazônia é afetada também pela pesca predatória, pela construção de hidrelétricas, mineração, por poluentes liberados pela agricultura, etc.

____________________

11.14. OPS!!!  Gabarito errado!!!!

—- [VVVFV]

(V)

(V) O texto é muito objetivo quando afirma: “… esse aumento [de raios UV] provoca a diminuição, ou mesmo, a supressão do sistema imunológico…”. O sistema imunológico está relacionado com a defesa do organismo contra microorganismos patogênicos (causadores de doenças). Assim, a exposição massiva aos raios UV, determina uma menor eficiência de nosso sistema imunológico. Um sistema imunológico menos eficiente favorece o desenvolvimento de microorganismos patogênicos prejudiciais à saúde humana. Daí, então, a afirmativa destacar o incremento de doenças infecciosas estar relacionado com a destruição da camada de ozônio.

(V) O texto do enunciado é muito claro quando afirma que os raios ultravioleta levam à “morte ou menor atividade de microrganismos envolvidos na fixação de nitrogênio…”.

Os raios UV, exterminando bactérias do solo, também contribuem para a morte de bactérias envolvidas com a fixação do nitrogênio atmosférico.

Com a morte destes microorganismos, ocorrerá uma menor fixação de nitrogênio e uma menor absorção de compostos nitrogenados por parte dos vegetais. Isso, por sua vez, pode causar sérios prejuízos às lavouras e à produção agrícola em geral.

(F) Com o enfraquecimento da camada de ozônio, uma maior quantidade de radiação ultravioleta acaba chegando à superfície da Terra. Radiação nada mais é do que uma forma de energia. Assim, quanto mais energia entra em nosso planeta, mais calor será gerado. Este calor adicional evidentemente vai contribuir com o calor global e, por sua vez, contribuir para aumentar o aquecimento planetário. Com mais aumento térmico no planeta, mais alterações climáticas tendem a ocorrer, o que explica a FALSIDADE da afirmação que diz exatamente o contrário deste raciocínio.

(V) A incidência de uma grande quantidade de raios ultravioleta causa um efeito significativo na morte de algas do fitoplâncton. Quanto mais radiação, maior será a mortalidade de algas na superfície oceânica. Com a redução das populações de algas marinhas, ocorrerá uma redução na taxa de fotossíntese nestes ambientes. Com menos fotossíntese ocorrerá, consequentemente, uma menor produção de matéria orgânica na base das cadeias alimentares. Com isso, os ecossistemas marinhos poderão sofrer prejuízos significativos.

____________________

11.15. [c]

1.(V) O mercúrio, utilizado na separação do ouro em meio à lama do garimpo, acaba soltando-se nos rios. Na sequência, o mercúrio acaba entrando nas cadeias alimentares e concentrando-se nos níveis tróficos mais elevados. Este fenômeno de concentração ao longo das cadeias é chamado de MAGNIFICAÇÃO TRÓFICA.

 

2.(V) No processo de concentração de poluentes ao longo das cadeias alimentares (magnificação), os últimos elos são os mais contaminados por poluentes não-biodegradáveis. O seres humanos, em sua grande maioria, não apresentam predadores e estão, portanto, no topo das cadeias alimentares e nele se concentram bem mais os poluentes.

3. (V) 

 ____________________

11.16. [V-F-F-V-V]

(V) Quando o teste fala em “cunho natural”, está se referindo a não intervenção humana. Assim, uma comunidade clímax tende a explorar o ambiente ao máximo possível. Quando se explora o ambiente ao máximo, atinge-se o equilíbrio e não é possível crescer mais, uma vez que os recursos estão sendo usado ao limite. Atinge-se, desta forma, a estabilidade, que é característica das comunidades clímax como a Amazônia, por exemplo.

(F) A grossa camada de húmus que caracteriza o solo amazônico não se deve a absorção realizada pelas grandes árvores. A floresta é tão gigantesca que a quantidade de folhas, frutos, galhos, fezes e urina de animais, cadáveres de animais que caem no solo é enorme. A decomposição desta extraordinária quantidade de matéria orgânica gera, por sua vez, gera uma enorme quantidade de sais minerais, o que explica a espessa camada de húmus do solo amazônico.

(F) Os solos não se mantêm-se ricos pois sofrem severa erosão e lixiviamento com a destruição da cobertura vegetal.

(F) Em caso de desmatamento, ocorrerá o impacto das águas da chuva, aumentando e não diminuindo seu efeito erosivo e aumentando e não evitando a lixiviação.

____________________

11.17. [c]

O fenômeno da inversão térmica ocorre, normalmente, devido a fenômenos atmosféricos. A inversão térmica ocorre quando uma camada de ar quente se interpõem entre duas camadas de ar frio, o que dificulta a circulação do ar. Este processo de inversão não reduz em nada a capacidade de os organismos respirarem e nem tem relação direta com o processo de desmatamento.

____________________

11.18. 97 (01, 32, 64)

02.(F) As matas ciliares desempenham grande papel na proteção contra o assoreamento de rios.

04.(F) O processo de lixiviação dos solos não tem nenhuma relação direta com o enriquecimento da água dos rios.

08.(F) A construção de barragens hidrelétricas acelera muito o processo de assoreamento de rios devido ao desmatamento provocado.

16.(F) Nos derramamentos de petróleo, os contaminantes se espalham pela cadeia alimentar afetando várias camadas e não apenas a superfície da água, como afirmado.

____________________

11.19.

a) Os raios UV podem causar danos genéticos no DNA celular e levar à formação de mutações prejudiciais à saúde.

b) Em princípio nenhuma, uma vez que a radiação UV não chega no interior dos ovários ou dos testículos onde poderia provocar mutações em células germinativas.

____________________

11.20.

1. Desmatamento das áreas de cerrado; 2. Erosão; 3. Assoreamento; 4. Transbordamento do rio.

____________________

6 Comentários até ao momento.

  1. Victor disse:

    Beleza, professor?
    O buraco na camada de ozônio é um fenômeno localizado e restrito ao local onde ocorre a liberação de CFC, por exemplo? Por que no polo sul a área do buraco é tão grande, como diz na apostila?

    • Ricardo Gaúcho disse:

      O local de liberação do poluente não tem relação com o falado “Buraco na Camada de Ozônio”.
      Existe uma série de correntes na atmosfera que trazem grande parte de poluentes do hemisfério Norte em direção ao hemisfério Sul. Estes movimentos de ar explicam o acúmulo de poluentes na calota polar sul … O professor Alexandre de Geogravia vai, mais para frente, apresentar um vídeo bem interessante onde vocês vão compreender como o processo ocorre.

      abraçãozãobão !!!

  2. Ana Julia disse:

    Professor, a questão 11.14 na 4 alternativa diz que o aumento dos raios UV-B NÃO tem relação direta com as alterações no clima global. Mas na verdade tem. Essa afirmativa não deveria ser falsa?

    • Ricardo Gaúcho disse:

      (V) Qual a causa DIRETA do efeito estufa? A presença de gases es-tufo como o gás carbônico e o metano. Estes gases estufa retêm parte da radiação infravermelha emitida pela superfície da Terra e aprisionam calor, o que chamamos de efeito estufa. Assim, fica evidente que a causa PRIMÁRIA do conhecido efeito é a presença destes gases. Outros fatores podem contribuir com este efeito? Sim, o derretimento das calotas polares. O gelo polar, devido a sua cor extremamente branda, reflete de volta para o espaço boa parte da radiação que incide nos polos. Com o derretimento das ca-lotas polares, a reflexão desta radiação diminui sensivelmente. Como a radiação solar não é refletida, a energia acaba sendo absorvida pela Terra e convertida em calor. Este fenômeno contribui com o efeito estufa? Sim. É a causa DIRETA do efeito estufa? Não. A mesma coisa pode ser dita dos raios ultravioleta que chegam a superfície da Terra devido à destruição da camada de ozônio. Na medida em que a camada de ozônio vai sendo destruída por gases co-mo CFCs e óxidos de nitrogênio, a entrada de radiações energéticas no planeta aumenta bastante. Quanto mais radiação, mais energia. Quanto mais energia, mais os gases atmosféricos se agitam. Quanto mais as moléculas se agitam, mais calor é gerado. Assim, a destruição da camada de ozônio contribui para o crescimento do aquecimento global. Este processo é a causa DIRETA do efeito estufa? Não. Contribui para o processo de forma INDIRETA? Sim. Pegadinha do capeta esta, hein???

      Além disto, é bom registrar que, a radiação ultravioleta que passa pela atmosfera é praticamente constituída de UVA. Ao nível do mar, 99% dessa radiação é desse tipo.

  3. Artur disse:

    Professor, no texto da questão 11.14 é dito que “Sobre os seres humanos, esse aumento [dos raios solares ultravioleta] provoca a diminuição, ou mesmo, a supressão do sistema imunológico”. Isso não causa um aumento “da ocorrência e da severidade de doenças infecciosas” (segunda afirmação)?

    • Ricardo Gaúcho disse:

      Carácoles … Tu tens TODA a razão … Dê uma olhado novamente no BLOG … consertei este erro e mais outro que veio da gráfica nesta mesma questão … Apesar desta confusão, fica aqui meu reconhecimento pelo teu olhar atento e ligado … isso é bom, Artur … indica que tu estás concentrado e firma no teu objetivo … manda bala, cara … qualquer coisa conta comigo…

      abraçãozãobão !!!

Deixe o seu comentário


Tema traduzido por Wordpress Total.