Aula 10

Publicado por Ricardo Gaúcho Em 15 junho 2010 2 Comentários
Tech tipsComputer Tricks

10.01. [a]

Uma vez que o DDT tem efeito acumulativo, a tendência é que ele atinja maiores concentrações nos níveis tróficos mais elevados da cadeia alimentar.

____________________

10.02. [e]

Excesso de matéria orgânica leva à eutrofização da água e a consequente redução do gás oxigênio dissolvido, o que, por sua vez, explica a morte de muitos seres aeróbios.

____________________

10.03. [a]

A poluição proposta pela figura contribuirá para a morte de uma serie de seres vivos, o que, por sua vez, concorre para uma redução na biodiversidade local.

____________________

10.04. [b]

Quando o texto fala em “aumento da quantidade de nutrientes” está se referindo a um aumento da quantidade de SAIS MINERAIS que, no caso, é resultado da decomposição da matéria orgânica do esgoto. Desta forma, o texto se refere a um processo de eutrofização.

____________________

10.05. [b]

Os coliformes fecais são uma categoria de microorganismos encontrados, principalmente, no tubo digestivo de vários animais. Assim, se encontrados na água, os coliformes fecais como a Escherichia coli são considerados bioindicadores e apontam para a contaminação da água por esgoto sem tratamento.

Coliformes fecais, atualmente chamado de coliformes termotolerantes, são bactérias que estão presentes em grandes quantidades no intestino dos animais de sangue quente.

Os coliformes fecais (termotolerantes) podem contaminar a água através das fezes de animais que chegam até a água por meio de despejo do esgoto que não foi adequadamente tratado.

As bactérias coliformes fecais reproduzem-se ativamente à temperatura de 44,5 °C, temperatura suficiente que lhes permite também fermentar o açúcar e a lactose, com produção de ácidos e gases.

São muitas vezes usadas como indicadores da qualidade sanitária da água, e não representam por si só um perigo para a saúde, servindo antes como indicadores da presença de outros organismos causadores de problemas para a saúde.

Os coliformes fecais (termotolerantes) inclui três gêneros, Escherichia, Enterobacter e Klebsiella, sendo a cepas de Enterobacter e Klebsiella de origem não fecal. A E. coli tem seu habitat no trato gastrintestinal sendo indicadora de contaminação fecal. Pode desintegrar com um tipo de formol. Pode desaparecer com ranger, sua principal função é fazer com que as pessoas fiquem com o intestino regularizado.

____________________

10.06. [b]

Os coliformes fecais são uma categoria de microorganismos encontrados, principalmente, no tubo digestivo de mamíferos. Assim, se encontrados na água, os coliformes fecais como a Escherichia coli são bioindicadores que apontam para a contaminação da água por esgoto sem tratamento.

____________________

10.07. [b]

Antes de o rio chegar na cidade, o nível de oxigênio não está nem alto nem baixo, está normal, conforme a linha horizontal antes do ponto A (ponto de lançamento do esgoto. Depois do ponto A, o esgoto começa a se decompor, o número de microorganismos aumenta e nível de oxigênio começa a diminuir. Na medida em que se afasta da cidade (em direção ao ponto C), a quantidade de esgoto começa a diminuir, uma vez que os microorganismos estão “comendo” (biodegradando) o material do esgoto. Assim, quanto mais longe do ponto de lançamento, menos esgoto disponível para as bactérias de alimentarem. Quanto menos bactéria menos consumo de oxigênio da água. Quanto menos consumo de oxigênio, mais oxigênio na água. 

Assim, quanto mais longe do ponto de lançamento maior será o nível de oxigênio dissolvido na água. Isso é mostrado com a curva ascendente que indica que o oxigênio está aumentando. Observe com atenção.

____________________

10.08. [d]

O esgoto sem tratamento lançado nos cursos d’água entra em decomposição, levando a uma proliferação excessiva de microorganismos aeróbios decompositores que, na sequência também vão diminuir por causa da redução do oxigênio na água provocada por eles mesmos (gráfico I). Assim, o teor de oxigênio na água diminui significativamente (gráfico III). Com a redução do oxigênio, dá-se a morte de peixes e outros seres aeróbios. Com níveis de oxigênio muito baixos, chegou a vez de aumentar a concentração de micro-organismos anaeróbicos (gráfico II).

____________________

10.09. [c]

O esgoto lançado vai se decompondo aos poucos até desaparecer completamente da água (biodegradável). Neste meio tempo, no entanto, grandes mudanças podem ocorrem. Uma das principais é a severa redução do gás oxigênio dissolvido na água em função da proliferação excessiva de bactérias aeróbias decompositoras.

____________________

10.10. [a]

O processo de eutrofização é o AUMENTO e não a diminuição de certos nutrientes em ambientes aquáticos.

____________________

10.11. [d]

O óleo de cozinha, quanto mal descartado, pode trazer sérias consequências aos sistemas aquáticos como rios, lagos e córregos.

 ____________________

10.12. [d]

a)(F) Bênton é a referência aos seres vivos que vivem no fundo do mar. No fundo, a luminosidade é cada vez menor. Com menos luz, menos algas fazendo fotossíntese. Assim, as comunidades bentônicas tendem a ter uma quantidade menor de algas. Quanto mais fundo, menor as populações de algas bentônicas. A alternativa considera estas algas bentônicas como os PRINCIPAIS ORGANISMOS FOTOSSINTETIZANTES DO SISTEMA OCEÂNICO, o que não é verdade

Exemplos de seres bentônicos, isto é, seres que vivem no fundo do mar:

b)(F) Lembre que o gás oxigênio é produzido pelas algas oceânicas ao fazerem fotossíntese. O gás oxigênio passa da água do mar para o ar e não o contrário como afirmado. A alternativa propõem que a lâmina de óleo impede a entrada de gás oxigênio da atmosfera para a água marinha, no entanto, ocorre exatamente o contrário.

Veja o esquema de produção de gás oxigênio durante a fotossíntese:

d)(V) A camada de óleo impede a penetração de luz, reduzindo a taxa de fotossíntese das algas do fitoplâncton. Com o fitoplâncton abalado, o zooplâncton sofre imediatamente as consequências da falta de alimento e oxigênio, o que, por sua vez, afeta toda a cadeia alimentar e os peixes que dela dependem.

 ____________________

10.13. [e]

Poluentes, como o DDT, tem efeito acumulativo, concentrando-se ao longo da cadeia alimentar, prejudicando, sobretudo, os últimos níveis tróficos.

 ____________________

10.14. 23 (01, 02, 04, 16)

08.(F) nitratos e fosfatos são sais minerais que, em excesso nos sistemas hídricos, levam à eutrofização (contrário do que é afirmado).

32.(F) O problema desta alternativa é o agrotóxico. O agrotóxico não contribui diretamente para o processo de eutrofização. Agrotóxico não é um sal mineral e nem nutriente para fazer crescer a população de algas em ambientes aquáticos. O agrotóxico pode se concentrar ao longo das cadeias alimentares e perturbar o equilíbrio populacional de um ecossistema.

 ____________________

10.15. 20 (04, 16)

01. (F) A inversão térmica é causada pela interposição de uma camada de ar quente entre duas camadas de ar frio, dificultando a circulação e renovação do ar – este processo não tem relação com a queima de florestas. A queima de florestas tem a ver com desequilíbrio do Efeito Estufa, mais especificamente, as queimadas tem a ver com o AQUECIMENTO GLOBAL.

02. (F) Não é qualquer tipo de contaminante que pode levar à eutrofização da água – contaminação radioativa, contaminação por metais pesados, contaminação por defensivos agrícolas, por exemplo, não levam necessariamente à eutrofização.

08.(F) Defensivos agrícolas tendem a se acumular mais nos últimos níveis (carnívoros) e não no início da cadeia (herbívoros) como afirmado.

 ____________________

10.16. [b]

Metais pesados não são biodegradáveis e se acumulam ao longo das cadeias alimentares, atingindo maiores concentrações nos níveis tróficos mais elevados da cadeia alimentar.

 ____________________

10.11. [AOPS !!! Erro de GABARITO

Na área desabitada (1) os níveis de oxigênio estão altos e normais.

A partir da zona rural (2) começa o lançamento de esgoto e a respectiva redução de oxigênio dissolvido na água.

Os níveis menores de oxigênio serão atingidos no meio urbano (3), onde a liberação de esgoto sem tratamento nos cursos d’água será ainda maior.

 ____________________

10.18. [e]

A proliferação excessiva de dinoflagelados contamina a água com substâncias neurotóxicas prejudiciais.

 ____________________

10.19.

Com a multiplicação dos organismos aeróbios diminui a quantidade de oxigênio disponível na água, o que provoca a morte dos peixes. A baixa concentração de oxigênio favorece o desenvolvimento de microorganismos anaeróbios que produzem ácido sulfídrico durante a decomposição da matéria orgânica.

 ____________________

10.20.

a) Devem ser espécies herbívoras que se alimentam da própria planta (consumidores primários, não carnívoros). Gafanhoto e cigarrinha.

b) Porque os organoclorados se acumulam ao longo da cadeia alimentar e não são decompostos. São espécies carnívoras, consumidores terciários, que se alimentaram de organismos que por sua vez se alimentaram de outros e assim por diante. Cobras e lagartos. 

____________________

 

 

http://www.ricardogauchobio.com.br

Tchau, nééé!!!


 

 

 

2 Comentários até ao momento.

  1. Nicolle Lyra Morais disse:

    Professor, bom dia, sou da T21 do batel. Fiquei com dúvida na questão 10.14, a alternativa 02 não estaria errada? Porque assim, o Co2 agrava o efeito estufa, mas não provoca ele, já que o efeito estufa está presente (e se da necessário) há muitos anos, não entendi bem isso.
    Desde já, agradeço

    • Ricardo Gaúcho disse:

      Ol;a, Nicolle

      02. (V) Cuidado! Esta afirmação pode gerar confusão, uma vez que aprendemos em aula que a poluição não provoca o efeito estufa, apenas aumenta este efeito – é o tal de aquecimento global. Vamos entender então. Qual é a causa da existência do efeito estufa? Presença de gases estufa, uma vez que estes gases tem a propriedade físico-química de reter calor (radiação infravermelha). Assim, o dióxido de carbono é um dos gases estufa responsável por tal efeito. A presença de gás carbônico CAUSA o efeito estufa.

      Abraçãozãobão!!!!!!

Deixe o seu comentário


Tema traduzido por Wordpress Total.