Aula 06

Publicado por Ricardo Gaúcho Em 15 junho 2010 5 Comentários
Tech tipsComputer Tricks

Sem Título

06.01. [b]

Série padrão em uma sucessão ecológica.

____________________ 

06.02. [e]

A produção primária líquida de uma comunidade clímax tende a zero, ou seja, uma floresta como a Amazônia consome praticamente tudo o que produz.

A produção líquida é a resultante entre o que é produzido pela produção bruta (fotossíntese) e o que é gasto no processo de respiração mitocondrial (respiração celular).

No estágio clímax a produção bruta é equivalente ao consumo. No estágio clímax, quase tudo que é produzido é consumido, ou seja, a comunidade para de crescer e atingiu o limite de desenvolvimento possível. Assim, em direção ao clímax, a produção líquida diminui tende a zero. Produz dez, mas gasta dez. Observe o esquema:

 ____________________

06.03. [e]

A sequência apresentada descreve um processo de sucessão ecológica.

 ____________________

06.04. [e]

a)(V) Ao longo de uma sucessão ecológica ocorre aumento de produtividade primária. A produtividade primária corresponde à FOTOSSÍNTESE. 

b)(V) Em direção ao clímax a quantidade de organismos se torna cada vez maior. Quanto mais criaturas, mais células. Quando mais células, mais mitocôndrias fazendo respiração celular.

c)(V) Em direção ao clímax, o número de espécies aumenta. Quanto mais espécies, maior será a complexidade do sistema.

d)(V)  Em direção ao clímax, a quantidade de vegetais vai aumentando cada vez mais. Quanto mais vegetais em um ambiente, mais fotossíntese vai ocorrer. Quanto mais fotossíntese, mais energia é injetada no ambiente na forma de ligações químicas em matéria orgânica como a glicose, por exemplo. Quanto mais energia armazenada pela fotossíntese nos produtores, maior será o fluxo de energia que circulará no ambiente em suas diferentes e ramificadas cadeias alimentares. Quanto mais energia injetada no ecossistema mais criaturas e mais biomassa conseguem se desenvolver.

e)(Falsa) Ao longo de uma sucessão a comunidade caminha para o estágio de máximo desenvolvimento possível com os recursos energéticos disponíveis no ambiente, isto é, o sistema caminha para o estágio CLÍMAX. Neste estágio, atinge-se o máximo de biomassa possível em uma sucessão ecológica.

Sem Título 4

____________________

06.05. [b]

Ao longo de uma sucessão ecológica ocorre uma série de variações na comunidade de um ambiente. Algumas espécies desaparecem, novas espécies surgem, algumas aumentam em população. Outras diminuem em população.

____________________

06.06. [b]

As mudanças não são abruptas e descontínuas. O processo de sucessão ecológica é LENTO e GRADUAL Estágios mais simples serão sucedidos por estágios mais complexos. Assim, um processo de sucessão não é abrupto nem descontínuo, como colocado no primeiro parêntesis.

No segundo parêntesis o erro está no “sempre”. Dependendo da situação, a nova comunidade clímax pode, devido a vários fatores, ser completamente diferente do clímax anterior. Esta situação é denominada de DISCLÍMAX.

No último parêntesis, o correto seria sucessão secundária.

____________________

06.07. [d]

Normalmente os liquens caracterizam o estágio inicial ou pioneiro de uma sucessão ecológica primária. Eles são capazes de viver em ambientes hostis, pobre em nutriente e com grande escassez de água para sobreviverem. Assim, os líquens são formas de vida extremamente resistentes às intempéries (ação do clima).

Sem Título 4

Sem Título 4

____________________

06.08. [c]

Uma grande queimada ou um processo antropogênico de desmatamento pode alterar de forma muito significativa os habitats naturais dos diferentes ecossistemas da Terra. Assim, muitos animais acabam por migrar para novas áreas em busca de recursos ou podem até mesmo, em casos mais extremos, sofrerem extinção total, como várias vezes já aconteceu ao longo da história da vida em nosso planeta.

Sem Título 4

Sem Título 4

____________________

06.09. [d]

III.(F) A complexidade de nichos é maior em uma comunidade clímax, e não em uma comunidade pioneira, onde a diversidade de espécies é muito menor.

____________________

06.10. [d]

A produção líquida é a resultante entre o que é produzido pela produção bruta (fotossíntese) e o que é gasto no processo de respiração mitocondrial (respiração celular).

No estágio clímax a produção bruta é equivalente ao consumo. No estágio clímax, quase tudo que é produzido é consumido, ou seja, a comunidade para de crescer e atingiu o limite de desenvolvimento possível. Assim, em direção ao clímax, a produção líquida diminui tende a zero. Produz dez, mas gasta dez. Observe o esquema:

Sem Título 4

____________________

06.11. [d]

II.(F) As primeiras plantas que se estabelecem em um ambiente qualquer são denominadas de plantas pioneiras ou ecese e não climáxicas.

V.(F) A comunidade pioneira mantém reduzida diversidade de espécies e não elevada diversidade, como afirmado. Esta comunidade tende a persistir apenas no período inicial da conquista e não indefinidamente, como afirmado.

____________________

06.12. [a]

Os pioneiros (estágio inicial) apresentam uma grande produção líquida, isto é, produzem muito mais matéria orgânica no processo de fotossíntese do que consomem durante a respiração celular realizada pelas mitocôndrias.

Assim, o cociente:

.

      produção bruta/respiração

(produção bruta dividida pela produção líquida),

 .

conforme o teste propõem, tende a ser necessariamente maior do que 1, uma vez que a produção bruta é maior que a respiração (o numerador da fração é maior que o denominador).

Observe um exemplo:

Um organismo de uma comunidade pioneira produziu, através da fotossíntese (produção bruta), 100 gramas de matéria orgânica. Sua respiração celular (ação das mitocôndrias) consumiu 20 gramas dessa matéria orgânica a fim de liberar energia necessária aos processos vitais. Assim, temos:

___Pbruta / Plíquida

____100 / 20 = maior que 1

Já no estágio clímax, a produção líquida tende a zero, uma vez que é consumida quase toda a produção.

____100 / 100 = 1

 

 Sem Título

Lembre do macetinho:

A Amazônia é o pulmão do mundo?

Não, uma vez que consome quase tudo o que por ela mesma é produzido.

Sua produção líquida, portanto, tende a? … ZERO

____________________

06.13. 07 (01, 02, 04)

08.(F) Os liquens são considerados indicadores de comunidades pioneiras e não clímax. 

Normalmente os liquens caracterizam o estágio inicial ou pioneiro de uma sucessão ecológica primária. Eles são capazes de viver em ambientes hostis, pobre em nutriente e com grande escassez de água para sobreviverem. Assim, os líquens são formas de vida extremamente resistentes às intempéries (ação do clima).

16.(F) O processo de sucessão secundária pode ocorrer em uma área destruída em um tempo imprevisível e pode ou não apresentar maior diversidade de espécies, vai depender da situação.

____________________

06.14. [b]

Normalmente em áreas de queimadas, a vegetação intermediária dará início ao novo processo de colonização.

____________________

06.15. [c]

Os pioneiros (estágio inicial) apresentam uma grande produção líquida, isto é, produzem muito mais matéria orgânica no processo de fotossíntese do que consomem durante a respiração celular realizada pelas mitocôndrias.

Assim, o cociente produção bruta/respiração, conforme o teste propõe, tende a ser necessariamente maior do que 1, uma vez que a produção bruta é maior que a respiração (o numerador da fração é maior que o denominador).

Observe um exemplo:

Um organismo de uma comunidade pioneira produziu, através da fotossíntese (produção bruta), 100 gramas de matéria orgânica.

Sua respiração celular (ação das mitocôndrias) consumiu 20 gramas dessa matéria orgânica a fim de liberar energia necessária aos processos vitais.

Assim, temos:

Pbruta / Plíquida … 100 / 20 = maior que 1

____________________

06.16. 43 [01, 02, 08, 32)

04.(F) Mudanças biológicas implicam modificações do ambiente pelas comunidades que se sucedem e não o contrário, como afirmado.

64.(F) À medida que ocorre a sucessão, dá-se um aumento na complexidade da comunidade, permitindo que se estabeleça um maior número de relações ecológicas.

____________________

06.17. 23 (01, 02, 04, 16)

08.(F) Durante a sucessão, ocorre aumento do número de espécies.

32.(F) A sucessão ecológica ocorre também por causas naturais como em casos de erupções vulcânicas, incêndios naturais, mudanças climáticas, eras glaciais, etc. Não é correto afirmar que este processo ocorre apenas por intervenção humana (antropogênico).

64.(F) Em ambientes que nunca foram habitados anteriormente a sucessão será do tipo primária e ocorrerá nos três estágios normais e conhecidos em suas características físicas e biológicas.

____________________

06.18. [e]

OPS, falha técnica !!!

Observem que houve uma falha gráfica no enunciado do teste.

Foi trocado o item III. Por favor, alterem em seu material didático.

Sem Título 4

e)(V)

1-IV-C – Observe que em 1 a floresta está em seu estado natural. Muita complexidade e muita diversidade de espécies.

Sem Título 4

Uma forma inteligente de explorar a floresta seria o corte seletivo de árvores, ou seja, cortar apenas as árvores que já atingiram a maturidade e que não crescem mais. Quando uma árvore deixa de crescer ao atingir a maturidade, ela passa a produzir mais ou menos o mesmo gás carbônico que sua fotossíntese consome. Assim, sua produção passa a equivaler ao consumo e ela atinge uma espécie de equilíbrio. Em termos de retenção de gás carbônico para combate ao aquecimento global, por exemplo, ela já não faz mais diferença. Quando ela é cortada, abre-se uma clareira por onde a luz pode entrar na floresta densa. Neste espaço aberto e iluminado, sementes de outras árvores poderão germinar e se desenvolver. Esta nova árvore vai passar anos crescendo e aumentando sua biomassa, ou seja, fixando mais carbono pela fotossíntese do que liberando por processos respiratórios mitocondriais, o que, por sua vez, colabora com o combate ao aquecimento global. Árvores em crescimento fixam mais carbono que árvores adultas, daí a técnica de desmate seletivo ser uma alternativa sustentável de explorar as riquezas das florestas.

 2-1-D – Observe na figura 2 que algumas árvores já foram destruídas e outras apresentam sinais de terem sido queimadas (estão sem folhas e expondo apenas os galhos).

 3-III-B – Observe que em 3 a destruição da floresta aumenta mais ainda em relação ao quadro 2. As grandes árvores que estavam no quadro 1 já morreram sobrando apenas arbustos menores (no teste são referidas como sub-bosque). O solo estará bem exposto ao Sol agora e receberá grande quantidade de luminosidade, coisa que antes, no quadro 1, não acontecia, em virtude do sombreamento exercido pelas grandes árvores do clímax. Isso favorecerá o desenvolvimento de uma vegetação rasteira (pioneiros) que reiniciará a conquista do ambiente em uma nova sucessão ecológica.

Sem Título 4

 4-II-A – Em 4 o desmatamento foi quase que total (corte raso). A área foi seriamente destruída. Agora, lentamente, espécies pioneiras vão se desenvolver a produzir um processo de sucessão ecológica que, com o tempo, poderá ou não, reconstituir o ambiente inicial. Lembre que o próximo clímax poderá ser diferente do anterior. Isso vai depender do grau de mudanças que a destruição pode ter provocado no meio.

____________________

06.19.

a) X.

b) Há maior diversidade no estágio X. Quanto maior a diversidade de nichos ecológicos, maior também será a diversidade de espécies envolvidas. Maior diversidade de espécies, por sua vez, caracteriza o estágio clímax.

c) Em X há equilíbrio entre a produção bruta e o consumo. Em Y a produção bruta é maior do que o consumo, uma vez que Y representa os estágios iniciais da sucessão ecológica.

____________________

06.20.

a) O estágio clímax caracteriza-se pela estabilidade e maturidade das comunidades, quando poucas alterações ocorrem ao longo do tempo. Uma das características deste estágio clímax é a baixa produção líquida. Assim, a produção bruta (fotossíntese) tende a se equiparar ao consumo (respiração), sendo Pbruta/Consumo =1. Portanto, o balanço entre o oxigênio produzido pela fotossíntese e o oxigênio consumido nos processos respiratórios tende a zero. A diversidade biológica permanece relativamente constante;

b) O termo “pulmão” é inadequado, pois esse órgão realiza troca gasosa contrária à ideia proposta no enunciado. Durante a respiração pulmonar, ocorre absorção de oxigênio do pulmão para o sangue e expiração de gás carbônico para a atmosfera. Portanto, a expressão “A Amazônia é o pulmão do mundo” não faz sentido nem ecologicamente nem fisiologicamente.

____________________

5 Comentários até ao momento.

  1. Luiz Ceccon disse:

    Oi professor. Na questão 18, creio que houve uma confusão no enunciado, pois os itens da segunda etapa estão listados como I,II, IV e V (pulou o III).

    Com carinho, da V M12.

  2. Yoko disse:

    Professor, estou com uma dúvida na questão 06.04. O enunciado diz: Durante o processo de evolução de uma comunidade ou sucessão ecológica, NÃO se observa…
    Contudo, há dois itens que mencionam processos que não são observados?
    d) Diminuição do fluxo de energia – “Quanto mais energia armazenada pela fotossíntese nos produtores, maior será o fluxo de energia que circulará no ambiente”, portanto, NÃO há diminuição do fluxo de energia.
    e) Diminuição da biomassa – “Quanto mais energia injetada no ecossistema mais criaturas e mais biomassa conseguem se desenvolver”, dessa forma, a biomassa tende a aumentar conforme o fluxo de energia aumenta.

    Será que há um erro na questão? Por conter duas respostas corretas possíveis.

    • Ricardo Gaúcho disse:

      Olá, Yoko
      Confesso que não entendi qual é o teu questionamento.
      Eu melhorei o comentário da questão para ver se melhora para ti … por favor, dê uma olhada lá no BLOG e me diga o que entendeu.
      Abraçãozãobão!!!

      • Renata disse:

        Professor, também fiquei em dúvida…
        a questão pede para assinalar o que NÃO se observa.
        a alternativa d) diminuição do fluxo de energia, também poderia ser a correta, visto que o fluxo de energia AUMENTA (justamente o que está exposto em seu comentário). Portanto, não se observa DIMINUIÇÃO no fluxo de energia.

        • Matheus disse:

          Exatamente professor, há duas alternativas que mencionam fatos que NÃO ocorrem, sendo assim, o gabarito pode ser tanto D quanto E!

          O fluxo de energia aumenta (contrariando a alternativa D), portanto incorreta, assim, gabarito poderia ser essa alternativa!

          Pode confirmar?
          Abraçoooo professor!

Deixe o seu comentário


Tema traduzido por Wordpress Total.