Aula 05

Publicado por Ricardo Gaúcho Em 15 junho 2010 6 Comentários
Tech tipsComputer Tricks

Sem Título

 

05.01. [a]

A nitrificação é um processo químico que se dá pela ação de micro-organismos e ocorre em duas etapas: nitrosação – transformação de amônia em nitrito (NH3 em NO2) + nitratação – transformação de nitrito em nitrato (NO2 em NO3).

 Sem Título

____________________

05.02. [a]

A rotatividade de culturas envolve alternância no tipo de vegetal plantado ao longo do tempo. Neste processo, se alternam diferentes culturas com plantações de leguminosas, umas vez que na raiz destes vegetais desenvolvem-se bactérias fixadoras de nitrogênio.

 Sem Título

Parte do nitrogênio fixado pela ação destas bactérias acaba por repor sais de nitrogênio ao solo, fazendo o agricultor economizar gastos na compra de adubos químicos nitrogenados para a lavoura.

 Sem Título

05.03. [a]

Na raiz de plantas leguminosas (plantas que possuem fava ou vagem) desenvolvem-se bactérias fixadoras de nitrogênio (principalmente bactérias do gênero Rhizobium). Parte do nitrogênio fixado pela ação destas bactérias acaba por repor sais de nitrogênio ao solo, economizando em gastos com utilização de adubos químicos na lavoura.

____________________ 

05.04. [a]

O esquema apresenta as principais etapas do ciclo da água.

Sem Título

 ____________________

05.05. [a]

Na raiz de plantas leguminosas desenvolvem-se bactérias fixadoras de nitrogênio (principalmente bactérias do gênero Rhizobium). Parte do nitrogênio fixado pela ação destas bactérias acaba por repor sais de nitrogênio ao solo, economizando em gastos com utilização de adubos químicos na lavoura.

Sem Título

____________________

 05.06. [a]

1- (fixação biológica) o nitrogênio gasoso é absorvido por bactérias fixadoras que vivem em raízes de plantas leguminosas que usam este material para produzir formas nitrogenadas orgânicas como aminoácidos, bases nitrogenadas, clorofila, etc.

2- (desnitrificação) O nitrato (NO3) está sendo reduzido a nitrogênio gasoso pela ação de bactérias desnitrificantes (Pseudomonas) e retorna à atmosfera.

3- (absorção) O nitrato (NO3), sendo um composto muito solúvel, é facilmente absorvido pelas raízes dos vegetais.

4- (nitrificação) A nitrificação é um processo químico que se dá pela ação de microorganismos e ocorre em duas etapas: nitrosação, transformação de amônia em nitrito (NH3 em NO2) + nitratação, transformação de nitrito em nitrato (NO2 em NO3). O nitrato (NO3), por sua vez, sendo um composto muito solúvel, é facilmente absorvido pelas raízes dos vegetais.

5- (decomposição) Matéria orgânica em decomposição pela ação de microorganismos libera amônia e amônio.

Sem Título

 ____________________

05.07. [c]

O nitrato (NO3) produzido pelo processo de nitrificação representado no esquema de reações químicas é fonte de nitrogênio para o metabolismo vegetal.

Sem Título

 ____________________

05.08. [a]

Na raiz de plantas leguminosas desenvolvem-se bactérias fixadoras de nitrogênio (principalmente a Rhizobium). Esta bactéria produz, no interior da raiz, amônia e amônio que serão utilizados pela planta para a produção de compostos orgânicos nitrogenados, como aminoácidos, bases nitrogenadas e clorofila.

Sem Título

____________________

05.09. [d]

c)(F) Importante lembrar que nas raízes das plantas LEGUMINOSAS vivem as bactérias dos gênero Rhizobium. Estas bactérias são chamadas de FIXADORAS, uma vez que convertem o nitrogênio do ar (N2) diretamente em amônia e amônio dentro da raiz do vegetal. Esta amônia, uma vez que tem nitrogênio em sua molécula, vai ser usada pelo vegetal para a produção de seus compostos nitrogenados. O ERRO da alternativa está na afirmação de que as tais bactérias que vivem em mutualismo com a planta leguminosa convertem o nitrogênio em NITRATO (NO3). Lembre do ciclo: o nitrogênio vira amônia, vira nitrito, vira NITRATO… As bactérias que formam o nitrato não vivem na raiz e sim na terra. As bactérias que formam o NITRATO são chamadas de NITROBACTÉRIAS.

Sem Título

d)(V) 78% da atmosfera é composta de nitrogênio gasoso (N2).

Sem Título 2

Animais e vegetais, no entanto, não conseguem absorvê-lo diretamente e dependem da ação de micro-organismos fixadores.

Sem Título 2

 ____________________

05.10. [d]

O desequilíbrio do ciclo natural do nitrogênio tem efeito direto sobre a produtividade dos vegetais.

Problemas com o efeito estufa e  aquecimento global estão associados com desequilíbrios no ciclo do carbono.

Sem Título 2

 ____________________

05.11. [c]

a)(F) O processo de fixação do nitrogênio é realizado exclusivamente por MICROORGANISMOS e NÃO por vegetais clorofilados como afirmado. Vegetais dependem da ação fixadora de microorganismos para poderem ter disponíveis nutrientes nitrogenados na terra para absorverem por suas raízes.

Sem Título 2

b)(F) A desnitrificação é realizada por BACTÉRIAS (especialmente bactérias do gênero Pseudomonas) e NÃO por fungos desnitrificantes. Fungos participam do processo de decomposição da matéria orgânica, mas não fazem a desnitrificação.

Sem Título 2

c)(V) Na raiz de plantas leguminosas desenvolvem-se bactérias fixadoras de nitrogênio (principalmente a Rhizobium).

Parte do nitrogênio fixado pela ação destas bactérias acaba passando para o solo e repondo sais de nitrogênio que as plantações acabaram consumindo

Sem Título

d)(F) A nitrificação ocorre durante o processo FIXAÇÃO BIOLÓGICA do nitrogênio atmosférico. Durante a decomposição ocorre a DESNITRIFICAÇÃO, ou seja, o contrário do que afirmado. Sapróvoros é o nome que se dá aos organismos decompositores.

e)(F) A principal forma de utilização do nitrogênio pelos vegetais é os NITRATO e NÃO o nitrito. O nitrato é extremamente SOLÚVEL em água, o que o torna facilmente absorvível pelas raízes dos vegetais. Já os nitritos, por sua vez, apresentam baixa solubilidade em água, o que diminui bastante sua absorção por parte das plantas.

Sem Título 2

 

 ____________________

05.12. [a]

Sem Título 2

 ____________________

05.13. 06(02, 04)

Sem Título 2

01.(F) O processo A representa a fixação biológica do nitrogênio e ocorre pela ação de algumas bactérias e alguns tipos de fungos micorriza. Assim, não são todos os organismos procariontes e eucariontes que realizam o processo.

02.(V) Bactérias desnitrificantes fazem a desnitrificação. Desnitrificar é retirar nitrogênio de qualquer composto que tenha nitrogênio. O NITRATO (NO3) tem  nitrogênio? Sim. Então pode ser DESNITRIFICADO por bactérias DESNITRIFICANTES. No final, o NITRATO é destruído e o gás nitrogênio N2 é liberado para atmosfera, como mostra o esquema do teste.

08.(F) O processo B é nitrosação e não a fixação biológica realizada por bactérias simbiontes das raízes de leguminosas. Estas bactérias convertem N2 em NH3 e NH4.

16.(F) O processo C é a nitratação e depende do oxigênio para a oxidação do NO2 em NO3, não podendo, portanto, ser um processo anaeróbico como afirmado.

 ____________________

05.14. [e]

2. As bactérias nitrificantes são exemplos de microorganismos quimiossintetizantes.

Sem Título 2

É bom destacar que as bactérias DESNITRIFICANTES desnitrificam as moléculas que possuem NITROGÊNIO. Não são apenas os cadáveres e as excretas que são desnitrificados no processo de decomposição. Moléculas avulsas de AMÔNIA, NITRITO e NITRATO que estão no solo e que foram produzidas por outras bactérias também podem virar “comidinha” das bactérias DESNITRIFICANTES. Elas arrebentam estas moléculas e liberam nitrogênio gasoso (N2) para a atmosfera. Veja o esquema:

Sem Título 2

 ____________________

 05.15. [b]

a)(F) RNA transportador não tem as informações necessárias à produção de enzimas. Ele apenas é responsável em transportar os aminoácidos solicitados pelo RNA mensageiro durante o processo de síntese de proteínas que ocorre nos ribossomos.

b)(V) Uma vez que as bactérias são capazes de fixar o nitrogênio, é de se supor que elas tenham um sistema genético que controla todo este processo, isto é, elas possuem genes que produzem enzimas capazes de controlar as reações químicas que transformam o gás nitrogênio atmosférico em compostos nitrogenados importantes para a produção de aminoácidos, bases nitrogenadas, vitaminas, clorofila, etc. Assim, se forem transferidos estes genes específicos do DNA bacteriano para o DNA da planta, é de se supor que elas serão capazes de realizar a fixação do nitrogênio como as bactérias fixadoras fazem.

c)(F) O RNA mensageiro têm vida útil relativamente curta e precisam ser produzidas continuamente a partir das informações contidas em genes do DNA. Assim que eles sofrerem desnaturação, o vegetal que os recebeu perderá a capacidade de produzir as enzimas controladoras dos processos de síntese de compostos nitrogenados. Como a informação deste RNA mensageiro não está no DNA da célula vegetal, ele não poderá ser produzido.

d)(F) As enzimas têm vida útil relativamente curta e precisam ser produzidas continuamente a partir das informações contidas em genes do DNA e transcritas na forma de RNA mensageiro que será lido pelos ribossomos para a síntese das enzimas. Assim que as enzimas transplantadas sofrerem desnaturação, o vegetal que as recebeu perderá a capacidade de produzir os compostos nitrogenados.

e)(F) O RNA ribossômico é o componente primário que forma um ribossomo. Assim, um ribossomo é uma molécula de RNA ribossômico associada com uma série de proteínas. Caso injete-se RNA ribossômico em uma célula ela apenas apresentará um maior numero de ribossomos em seu citoplasma e Não a capacidade de produzir os genes que as bactérias possuem.

Sem Título 2

  ____________________

05.16. 22(02, 04, 16)

01.(F) A água que sai dos seres vivos entra no ciclo e se espalha pelo planeta, evaporando e voltando na forma de chuva ou sendo levada pelos rios ao oceano onde também poderá voltar pelas chuvas;

08.(F) O método de fertilizar o solo com leguminosas (adubação verde), aumenta a quantidade de nitrogênio fixado pela ação de bactérias simbiontes e não pelo processo de fotossíntese. Quanto mais leguminosas plantadas, mais bactérias fixadoras de nitrogênio atmosférico desenvolver-se-ão no solo, enriquecendo este solo com compostos nitrogenados aproveitáveis pelos vegetais.

  ____________________

05.17. 52 (04, 16, 32)

01.(F) Algumas espécies apresentam maior teor de água que outras. Pense na concentração de água de uma melancia e de uma aranha do deserto. Então! A quantidade de água é invariável entre as espécies de seres vivos? NÃO.

02.(F) Com a idade os tecidos tendem a se desidratarem cada vez mais. Isso faz parte do processo normal de envelhecimento. Pense na hidratação de uma criança com suas bochechas túrgidas e as bochechas de um velhinho. Então! A tendência é aumentar ou diminuir o percentual de água no organismo com a idade? Diminuir.

04.(V) Devido ao alto calor específico da água, ela pode absorver grandes quantidades de calor, porém a temperatura pode variar relativamente pouco, o que protege os organismos das oscilações de temperatura.

08.(F) Não existe nenhum tecido biológico que não seja hidratado. A maior parte do citoplasma de uma célula é água. Já o tal de “…tecido metabolicamente ativo…” é uma referência aos tecidos onde existe muita atividade celular. Ex.: As células do fígado apresentam intensa atividade de síntese de substâncias. Os neurônios cerebrais apresentam grande atividade elétrica e química. Já o tecido adiposo, que é um tecido de reserva e armazenamento de gordura, apresenta uma atividade metabólica muito baixa, isto é, não é muito ativo, serve apenas para armazenar as gorduras produzidas pelo corpo ou absorvidas no processo de digestão. Baixa atividade metabólica também pode ser verificada no tecido cartilaginoso, nos tendões e ligamentos. No entanto, todos estes tecidos precisam de água e estão hidratados.

32.(V) Pense no citoplasma, que é constituído basicamente de água. Nesta água citoplasmática flutuam trilhões de trilhões de diferentes moléculas em seu movimento aleatório e, aleatoriamente vão se chocando, tornando possível as reações químicas celulares. Agora imagine aí na sua cabeça que o citoplasma fosse sólido como uma rocha. As moléculas estariam todas paralisadas nesta matriz sólida. Não se mexeriam. Não se chocariam umas com as outras. Caso o citoplasma fosse sólido, as moléculas não se encontrariam no espaço com outras moléculas e, portanto, não reagiriam quimicamente entre si. Sem reações químicas não haveria atividade alguma, ou seja, não haveria vida como nós entendemos. Assim, a água líquida que constitui o citoplasma, é uma espécie de “palco” onde as moléculas movimentam-se aleatoriamente e chocam-se entre si aleatoriamente, tornando possível as reações químicas e, portanto, tornando possível o metabolismo e a vida. Como diz a afirmação: a água “constitui meio dispersante para facilitar a realização das reações químicas”.

 ____________________

 05.18. 69 (01+04+64)

Sem Título 2

02.(F) Os processos D e E são realizados por bactérias decompositoras e desnitrificantes. Este processo, de certa forma, é o contrário do que as bactérias FIXADORAS representadas por A realizam;

04.(V) Produtos nitrogenados originados de animais ou vegetais podem ser decompostos, desnitrificados e reciclados.

08.(F) O processo mostrado em D é o contrário da FIXAÇÃO. Ali está acontecendo a liberação do nitrogênio de volta ao ar, isto é, a DESNITRIFICAÇÃO.

16.(F) As plantas ATÉ podem se utilizar diretamente da amônia, lembre o caso da leguminosa como o feijão que se aproveita diretamente da amônia produzida pelo bactéria Rhizobium. No entanto, o composto nitrogenado preferido das plantas é o NO3 (nitrato). O nitrato é extremamente SOLÚVEL e de fácil absorção pela raiz do vegetal. Esta afirmativa então, está ERRADA. Os vegetais DEPENDEM do nitrato solúvel produzido no processo C do esquema apresentado.

32.(F) O processo mostrado em E indica que as excretas (urina e fezes) dos animais estão sendo decompostas e transformadas em AMÔNIA e NÃO que estes animais estão excretando a amônia. Uma coisa é excretar amônia, outra, é a urina ser transformada em amônia. Observe o esquema com atenção.

  ____________________

05.19.

a) Sim.

b) Nas raízes das plantas leguminosas se desenvolvem bactérias fixadoras de nitrogênio que transformam o nitrogênio atmosférico em compostos nitrogenados utilizados pelo vegetal. Assim, o plantio de leguminosas repõe parte do nitrogênio consumido pela cultura de cana-de-açúcar.

  ____________________

05.20.

a) Um saldo positivo significa uma maior produção de nitrato para o desenvolvimento dos vegetais, uma vez que os vegetais precisam de uma fonte de nitrogênio para produção de compostos nitrogenados como aminoácidos, bases nitrogenadas e clorofila, por exemplo.

b) O cultivo de leguminosas, graças à associação destas plantas com bactérias fixadoras de nitrogênio, propicia um grande aumento de nitrogênio fixado no solo e disponível para os vegetais, bem como reduz significativamente os gastos com adubo à base de nitrogênio.

  ____________________

6 Comentários até ao momento.

  1. Luiz Felipe Kobarg disse:

    Professor, no gabarito da questão 17, faltou adicionar a proposição 04.

  2. Bruno Zonta disse:

    Professor, na questão 05.20, no segundo gráfico está escrito “Total de pedras” ao invés de “Total de perdas”.

  3. diana disse:

    Prof a 05.09
    Pq que a C é errada?

    • Ricardo Gaúcho disse:

      Oi, Diana
      Aproveitei tua pergunta e fiz um comentário lá na página … Dá uma olhada que acho que tu resolverá está questão…
      Caso a dúvida continue, dá um toque que te explico de outro jeito.
      Abraçãozãobão!!!!!!

Deixe o seu comentário


Tema traduzido por Wordpress Total.