Extensivo – Aula 28

Publicado por Ricardo Gaúcho Em 29 outubro 2012 Sem Comentários
Tech tipsComputer Tricks

Aula 28 – Os Órgãos dos Sentidos – II

28.01. (E)

e)(V) A percepção de equilíbrio do corpo é processada pelo encéfalo através de ações do cérebro e do cerebelo. O bom desempenho desta importante função depende de informações captadas principalmente por uma região específica da orelha interna chamada canais semicirculares ou labirinto.

a)(F) A trompa de Eustáquio ou tuba auditiva é um canal que liga a faringe com a orelha média equilibrando a pressão entre estas duas regiões anatômicas.

b)(F)  O tímpano capta as vibrações do ar e transfere para orelha média onde estão situados o martelo, a bigorna e o estribo.

c)(F) O termo “conduto” é um termo genérico da anatomia, não se refere a nada especificamente.

d)(F) Os ossículos da orelha média são o martelo, a bigorna e o estribo. Estes ossículos transmitem as vibrações sonoras captadas pelo tímpano para a orelha interna.

28.02. (A)

Os canais semicirculares ou labirinto estão localizados na orelha interna próximo à cóclea ou caracol.

28.03. (A)

A cóclea ou caracol é a região da orelha interna onde se inicia o processo de audição.

b)(F) O tato é função de neurônios da pele chamados de corpúsculos de Meissner.

c)(F) A visão tem ligação com neurônios da retina, camada de tecido nervoso que reveste o olho internamente.

d)(F) O olfato está associado à rede de neurônios formados a partir do bulbo olfativo no nariz.

e)(F) A gustação está associada aos neurônios presentes nas papilas gustativas da língua.

28.04. (B)

Os cones são neurônios da retina que estão associados à percepção de cores. A cóclea e as células ciliadas são estruturas da orelha interna que estão associadas à audição.

28.05. (B)

Mecanorreceptores são neurônios associados à percepção de variações mecânicas do corpo como, por exemplo, inclinação, equilíbrio, tato, tensão nos tendões, etc. O equilíbrio do corpo começa a ser percebido a partir de mecanorreceptores localizados na orelha interna, mais especificamente, nos canais semicirculares ou labirinto.

a)(F) A córnea é a tampa transparente que cobre a íris no olho.

b)(V)

c)(F) A trompa de Eustáquio ou tuba auditiva é um canal que liga a faringe com a orelha média equilibrando a pressão entre estas duas regiões anatômicas.

d)(F) A junção do tímpano com o ossículo martelo apenas transfere a vibração sonora para o sistema de ossos martelo-bigorna-estribo.

e)(F) Pavilhão auditivo é o nome técnico para o que popularmente chamamos de orelha… Isto, a orelha onde se põe o brinco!

28.06. (A)

a)(V)

b)(F) Corpúsculos de Meissner são neurônios responsáveis pela percepção de tato – contato com os objetos e não dor que é função das terminações nervosas livres.

Corpúsculos Meissner percebendo pelo tato sinas de Braile

c)(F) Os corpúsculos de Krause são responsáveis pela percepção de frio e não de dor (terminações nervosas livres). Além disto, os corpúsculos de Krause não são os sensores mais numerosos da pele. Este título cabe às terminações nervosas livres (dor) que, em certas regiões como as pontas dos dedos, passam de 10.000 unidades por milímetro quadrado.

d)(F) Os corpúsculos de Váter-Pacini são responsáveis pela percepção de pressão e estão em regiões mais profundas da pele, diferentemente do que é afirmado.

e)(F) Os corpúsculos de Ruffini são responsáveis pela percepção de calor e não por percepções mecânicas como tato (Meissner) e pressão (Váter-Pacini).

28.07. (C)

b) Os mecanorreceptores são responsáveis pela percepção de estímulos mecânicos como tato, pressão, equilíbrio (canais semicirculares ou labirinto na orelha interna). Quimiorreceptores são corpúsculos responsáveis pela percepção de estímulos químicos como olfato e paladar.

c) A língua, sem dúvida, está intimamente ligada à percepção química dos sabores por meio dos neurônios sensores nas papilas gustativas. O paladar, no entanto, não é função exclusiva da língua. O olfato tem um papel fundamental também na percepção dos sabores. Quando não sentimos o cheiro da comida também não percebemos o sabor. Lembre que quando estamos muito gripados, nariz entupido e coriza intensa, nosso olfato fica seriamente prejudicado. Quando acontece isto, também percebemos que quase não sentimos o gosto da comida.

d) Os gostos amargo, salgado, azedo e doce são considerados os gostos mais fundamentais de todos. Todos os demais sabores são variações destes sabores básicos.

28.08. (C)

c)(V) Trompa de Eustáquio ou tuba auditiva.

28.09. (C)

O tímpano separa a orelha externa da orelha média. Do tímpano para fora temos a orelha externa. Do tímpano para dentro, orelha média. Os ossículos da orelha media estão na seguinte ordem: martelo, bigorna e estribo.

28.10. (C)

c)(V) Os canais semicirculares ou labirinto estão localizados na orelha interna e estão associados à percepção de equilíbrio do corpo. Nesta região também, a orelha interna, encontra-se a cóclea ou caracol, estrutura responsável pela audição.

28.11. (E)

A linha lateral dos peixes está associada ao equilíbrio corporal no peixe no ambiente aquático. A partir desta estrutura, ele consegue perceber qual sua posição em relação a água. Estruturas análoga a esta são os canais semicirculares ou labirinto que, na orelha interna, estão associados ao equilíbrio do corpo.

28.12. 15 (01, 02, 04, 08)

01. (V) Ver comentários anteriores.

02. (V) Quando subimos rapidamente uma montanha, a pressão externa diminui muito em relação a pressão da orelha média. Assim, a pressão da orelha média fica maior que a pressão externa do corpo. Esta maior pressão empurra a membrana timpânica para fora, onde a pressão do ar é menor, o que nos dá aquela sensação desagradável que às vezes sentimos quando retornamos da praia. Quando forçamos o bocejar, por exemplo, a tuba auditiva ou trompa de Eustáquio se abre e a pressão da orelha média se iguala à pressão externa resolvendo o problema do mal estar.

04. (V) Ver comentários dos testes 01, 05 e 12.

08. (V) A vibração sonora é captada inicialmente pelo tímpano. Na sequência, a vibração é transmitida para o martelo, depois para a bigorna e depois para o estribo. O estribo, por sua vez, transmite a vibração para as estruturas sensoras da orelha interna e daí, para a cóclea ou caracol.

16(F) Martelo, bigorna e estribo estão localizados na orelha média e não na orelha interna onde estão os canis semicirculares ou labirinto (equilíbrio do corpo) e a cóclea ou caracol (audição).

28.13. (E)

Os canais semicirculares ou labirinto se comunicam com o encéfalo através do famoso nervo vestibular que leva informações ao cerebelo sobre o equilíbrio do corpo no espaço. Da cóclea ou caracol, parte o nervo coclear.

28.14. (D)

I. (V) A rodopsina é o pigmento produzido e utilizado pela retina para a percepção dos raios luminosos. Quando atingida pela luz, essa substância sofre decomposição e libera elétrons que ativam os neurônios sensores. A vitamina A (retinol) participa na formação da rodopsina, o que explica o quadro de cegueira noturna em indivíduos que apresentam carência desta vitamina. Rever aula sobre visão (aula 27).

II. (V) Ver comentários anteriores.

III. (V) As terminações dos neurônios sensores do nariz, os dendritos, são responsáveis em captar sinais olfativos.

IV. (V)  As terminações nervosas livres são os mais numerosos sensores da pele e são responsáveis pela percepção de dor.

Deixe o seu comentário


Tema traduzido por Wordpress Total.