Extensivo – Aula 23

Publicado por Ricardo Gaúcho Em 29 outubro 2012 Sem Comentários
Tech tipsComputer Tricks

Aula 23 – Sistema Circulatório

23.01. (E)

a)(F)

Aferente – que vai da periferia para o centro.

Eferente – que vai do centro para a periferia.

Assim:

Artérias são eferentes, uma vez que partem do coração para a periferia do corpo (O sangue chega por veia sai por artéria!!!).

Veias são aferentes, uma vez que trazem sangue da periferia em direção ao coração (O sangue chega por veia sai por artéria!!!).

b)(F) As veias pulmonares trazem sangue arterial dos pulmões para o coração.

c)(F) Nas artérias circula sangue que saiu em alta pressão do coração. Nas veias a pressão é menor. Por isso injeções são aplicadas nas veias e não nas artérias.

d)(F) As veias apresentam menos músculos lisos que as artérias, uma vez que a pressão do sangue é menor que nas artérias. (A veia é vagabooonda!!!)

e)(V)

23.02. (B)

Lembre de nosso macetinho: Lado direito / sangue venoso ─ Desta forma, a composição do sangue em um mesmo lado do coração é sempre a mesma. No átrio e ventrículo direito circula sangue venoso. No átrio e ventrículo esquerdo circula sangue arterial. Assim, a concentração de gases no ventrículo esquerdo é a mesma do átrio esquerdo. O mesmo vale para o lado direto do coração.

A concentração de gás oxigênio (O2) no átrio esquerdo (2) é igual à concentração de oxigênio no ventrículo esquerdo (3), afinal, o sangue que está em 3 é o mesmo que acabou de passar em 2. Esta concentração, por sua vez, é bem maior que a encontrada no sangue venoso no lado direito. Lembre que o sangue arterial é rico em O2 e o sangue venoso é rico em CO2.

23.03. (A)

a)(V)

b)(F) A artéria pulmonar sai do lado direito do coração transportando sangue venoso e não arterial.

c)(F) O sangue arterial é formado nos alvéolos pulmonares (hematose) e volta para o coração através das veias pulmonares e não pela artéria aorta que conduz sangue do ventrículo esquerdo para o corpo.

d)(F) A via que leva sangue arterial do coração para os tecidos do corpo é a grande circulação ou circulação sistêmica.

23.04. (C)

A hematose é a troca gasosa que ocorre nos alvéolos pulmonares. Dos pulmões o sangue arterial segue pelas veias pulmonares até o átrio esquerdo do coração. Do átrio esquerdo, o sangue passa pela válvula bicúspide ou mitral (válvula atrioventricular — entre o átrio e o ventrículo) e chega no ventrículo esquerdo. Do ventrículo esquerdo o sangue segue para os tecidos do corpo pela artéria aorta.

23.05. (A)

a)(V)

b)(F) Nos capilares em geral o sangue perde O2 para os tecidos e recebe o CO2 produzido pelas células destes tecidos. A alternativa fala em “capilares em geral” por que nos capilares que envolvem os alvéolos pulmonares ocorre diferente. Lá, os capilares perdem CO2 para o alvéolo e ganham O2hematose.

c)(F) A artéria aorta parte do ventrículo esquerdo e não do direito.

d)(F) A artéria pulmonar manda sangue para a hematose nos pulmões. Esse trajeto é curto, uma vez que o coração e os pulmões estão muito próximos. Dessa forma, a artéria pulmonar faz parte da pequena circulação e não da grande, de acordo com a afirmação.

e)(F) No átrio direito começa a pequena circulação que enviará sangue para os pulmões que estão próximos ao coração.

23.06. (D)

O sangue oxigenado é o sangue que sofreu hematose nos alvéolos pulmonares. Assim, o sangue oxigenado parte dos pulmões, onde foi formado, em direção ao coração pelas veias pulmonares.

23.07. (B)

a) As artérias coronárias nutrem o músculo cardíaco tanto no lado esquerdo como no lado direito.

b) Nem toda a artéria conduz sangue arterial. Lembre que a artéria pulmonar, que parte do ventrículo direito do coração, transporta sangue venoso em direção aos pulmões para sofrer hematose.

c) A explicação está no próprio enunciado.

23.08. (C)

I-(F) O ponto D representa as veias que retornam o sangue do corpo para o coração. Essas veias são as veias cavas. Lembre que a pressão nas artérias é sempre maior que a pressão nas veias (as veias são vagabooondas). Dessa forma, em D a pressão não pode ser maior que em A, uma vez que A representa a artéria aorta que envia sangue com enorme pressão para o corpo.

II-(V) Nos tecidos do corpo, o sangue perde plasma para o espaço existente entre as células ─ o espaço intersticial. O objetivo dessa passagem de líquidos é a nutrição desses tecidos. Lembre que o plasma sanguíneo é rico em substâncias nutritivas absorvidas no aparelho digestório. Uma vez que o plasma passa para o espaço intersticial, ele será chamado de líquido intersticial. Na medida em que o líquido intersticial vai banhando as células, ele perde substâncias nutritivas e recebe toxinas excretadas por estas células. Posteriormente, este líquido intersticial empobrecido de nutrientes e enriquecido de toxinas, será recolhido pelos vasos linfáticos e passará a se chamar de linfa.

III-(F) E representa as veias pulmonares trazendo sangue arterial que sofreu hematose nos alvéolos pulmonares.

IV-(V) Nas aulas de histologia você estudará o tecido Muscular Cardíaco e aprenderá que os discos intercalares correspondem a junções entre as membranas das células contíguas, o que não é observado nos outros dois tipos de fibras musculares.

23.09. (E)

A pressão nas artérias é sempre maior que nas veias, assim, a pressão em 3 (artéria aorta) é maior que em 4 (veias pulmonares). As artérias do lado esquerdo, que conduzem sangue para o corpo, exercem maior pressão que as artérias do lado direito, que conduzem sangue para os pulmões, uma vez que os pulmões estão próximos ao coração.

Veja comentário dos testes 23.02 e 23.05

23.10. (E)

e)(F) As veias pulmonares transportam sangue arterial dos pulmões para o átrio esquerdo.

23.11. (C)

c)(V) Lado direito… sangue venoso… Assim, no lado esquerdo do coração passa sangue arterial, isto é, sangue rico em oxigênio.

23.12. (B)

Ver comentário do teste 23. 16.

23.13.

(32)(F) A circulação sistêmica ou grande circulação, inicia-se no ventrículo esquerdo (VE) e manda sangue arterial para os tecidos do corpo. No ventrículo direito (VD), inicia-se a pequena circulação que manda sangue venoso para sofrer hematose nos alvéolos.

23.14. (D)

a)(F) Sublinhe “venoso”. O ventrículo esquerdo exercer maior pressão sobre o sangue ARTERIAL.

b)(F) O lado direito do coração manda sangue venoso para os pulmões e não para todo o corpo. Quem nada sangue para todo corpo é o ventrículo esquerdo.

c)(F) Sublinhe “venoso”.

d)(V) O ventrículo esquerdo é mais forte porque faz mais força, uma vez que envia sangue para todo o corpo.

e)(F)  É verdade que o ventrículo direito exerce menor pressão, uma vez que manda sangue para os pulmões que estão perto do coração. Mas, é a pouca força exercida pelo lado direito que faz o lado esquerdo ficar mais forte?

23.15. (A)

Observe que em I a pressão é alta e a velocidade do sangue também é alta. Isso significa que o sangue está passando em uma artéria calibrosa que permite o sangue fluir rapidamente. Nos capilares, por sua vez, além da pressão ser muito menor que nas artérias, o calibre é muito pequeno, o que faz o sangue circular bem devagar. Quanto mais fino é o vaso, menor a pressão e mais lenta a velocidade de circulação.

23.16. (A)

Infarto do miocárdio ou enfarte agudo do miocárdio, popularmente conhecido como ataque cardíaco, é um processo que pode levar à morte (necrose) de parte do músculo cardíaco por falta de fornecimento adequado de nutrientes e oxigênio.

É causado pela redução do fluxo sangüíneo das artérias coronárias.

A causa habitual da morte celular é uma isquemia (deficiência de oxigênio) no músculo cardíaco, por obstrução de uma artéria coronária.

A obstrução se dá em geral pela formação de um coágulo sobre uma área previamente comprometida por aterosclerose causando estreitamentos dos vasos e morte das células endoteliais*.

III-(F) Nem todo o infarto leva à morte. Muitas vezes a pessoa sobrevive e passa a fazer certos tratamentos, levando uma vida relativamente normal.

IV-(F) Existem muitas evidências de que o infarto do miocárdio tem um fundo genético

Deixe o seu comentário


Tema traduzido por Wordpress Total.